É necessário o certificado de vacinação contra febre amarela para viajar?

É necessário o certificado de vacinação contra febre amarela para viajar?

Última atualização em por

Febre amarela é um vírus transmitido através da picada de um mosquito infectado e que pode, em casos mais graves, levar à morte. Como algumas regiões do Brasil são endêmicas, brasileiros precisam apresentar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) para a entrada em alguns países.

Essa vacina é obtida gratuitamente em um posto de saúde do SUS e, em casos de pessoas que vão viajar para os países que exigem o comprovante de vacinação, a vacina deverá ser tomada com antecedência de, no mínimo, 10 dias antes da viagem.

A vacina contra febre amarela é contra-indicada a gestantes, pessoas com o sistema imunológico debilitado e pessoas alérgicas a gema de ovo. Caso você se enquadre em algumas dessas situações, informe antes do procedimento.

⚠️Atenção: para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP não será válida a dose fracionada da vacina contra febre amarela.

Depois que tomar a vacina contra febre amarela é só viajar?

Depende: se você tomou a vacina em um posto que emite o certificado internacional, sim! Mas se aquele posto de saúde não emitir esse certificado, você deverá se encaminhar, junto com a sua carteirinha de vacinação e um documento de identificação com foto, a um dos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante da ANVISA para emitir o seu CIVP gratuitamente. Mas antes, deverá realizar um pré-cadastro online.

Antigamente a vacina contra febre amarela era válida por 10 anos, devendo ser reaplicada após esse período. No entanto, a partir de 11 de julho de 2016, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alterou o anexo 7 do Regulamento Sanitário Internacional (2005) prevendo que o prazo de proteção fornecida pela vacinação contra a febre amarela será estendido para toda a vida da pessoa vacinada. Ou seja, agora só é necessário tomar essa vacina uma vez na vida!

Preciso emitir um novo certificado se eu já tiver um com a validade de 10 anos?

Não precisa alterar nada no certificado anterior, pois qualquer alteração ou rasura pode tornar o certificado inválido. Caso deseje, poderá se dirigir a um dos postos da ANVISA e pedir o novo certificado com validade para a vida toda. Foi isso o que fizemos.

Agora já é possível até emitir um certificado online e imprimir em casa.

O novo modelo de certificado: com validade para toda a vida

Quais são os países que exigem o CIVP do viajante brasileiro?

AFEGANISTÃO | ÁFRICA DO SUL | ALBÂNIA | ANTÍGUA E BARBUDA | ANTILHAS HOLANDESAS | ARÁBIA SAUDITA | AUSTRÁLIA | BAHAMAS | BAHREIN | BANGLADESH | BARBADOS | BELIZE | BOLÍVIA | BOTSWANA | BRUNEI | BURKINA FASO | BURUNDI | BUTÃO | CABO VERDE | CAMARÕES | CAMBOJA | CAZAQUISTÃO | CHADE | CHINA | CHIPRE | COREIA DO NORTE | COSTA DO MARFIM | COSTA RICA | DJIBOUTI | DOMINICA | EGITO | EL SALVADOR | EQUADOR | ERITREIA | ETIÓPIA | FILIPINAS | GABÃO | GÂMBIA | GANA | GUADALUPE | GUATEMALA | GUIANA | GUINÉ | GUINÉ EQUATORIAL | GUINÉ-BISSAU | HONDURAS | ILHAS SALOMÃO | INDONÉSIA | JAMAICA | JORDÂNIA | KIRIBATI | LAOS | LESOTO | LIBÉRIA | LÍBIA | MALÁSIA | MALAWI | MALI | MALTA | MAURÍCIA | MAURITÂNIA | MOÇAMBIQUE | MYANMAR | NAMÍBIA | NAURU,| NIGER | NIGÉRIA | OMÃ | PANAMÁ | PARAGUAI | POLINÉSIA FRANCESA | QUÊNIA | QUIRGUISTÃO | REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA | REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO | RUANDA | SAMOA | SANTA LÚCIA | SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE | SÃO VICENTE E GRANADINAS | SENEGAL | SERRA LEOA | SINGAPURA | SOMÁLIA | SRI LANKA | SUAZILÂNDIA | SUDÃO | SURINAME | TAILÂNDIA | TANZÂNIA | TIMOR LESTE | TOGO | TRINIDAD E TOBAGO | TUNÍSIA | UGANDA | VIETNÃ |  ZÂMBIA | ZIMBABWE.

Para saber a lista atualizada de países que exigem o CIPV, acesso o site da ANVISA.

Fonte: Anexo 1 do Regulamento Sanitário Internacional (atualizado em 11 de julho de 2016).

Da lista acima, dentre todos os países que visitamos, nos foram pedidos os certificados nos seguintes locais: Tailândia,Egito, Colômbia e África do Sul. No entanto, recomendamos manter o certificado grudado no passaporte para evitar que esqueça de levá-lo na viagem.

Leia também:
Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em mais de 100 países! Você recebe o seu chip do O meu chip em casa e viaja conectado. Utilize o cupom  P101P  e tenha 15% de desconto!

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em diversos países – evite filas!

✈️ Compre aqui as suas passagens aéreas e consiga as melhores tarifas e condições de pagamento!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

Ama animais, viagens e gastronomia, sempre tentando conciliar suas três paixões. Andou por mais de 60 países e está sempre programando a próxima viagem. O destino? Depende das promoções de passagens aéreas!

24 Comentários

  1. Boa tarde,por gentileza,quem vem de Moçambique para o Brasil,precisa do certificado de febre amarela?
    Se possível pode me informar onde posso tirar em Moçambique?
    Obrigada!

  2. Eu plastifiquei meu certificado internacional de vacinas , no aeroporto esse certificado é carimbado ? Se for não vai dar por que vai estar plastificado .
    Vou pra Tailândia mas não ficarei emmhotel e nem hostel mas
    Sim na casa de uma pessoa que mora lá terei problema na imigração ?

  3. Bom dia Gabriela Moniz!

    Lá vem eu, o “Dr. Preocupação” (e olha que já viajei muito para o exterior, mas isso nunca muda, sou estressado por natureza…hehehehe) tirar mais uma dúvida:

    No meu Certificado de Vacinação Internacional consta como documento minha carteira de identidade. Normalmente (na Tailândia, por exemplo, que é para onde vou) eles pedem o documento que consta no CIVP ou pedem para apresentar o certificado junto com o passaporte?

    Só pra vc entender: preferi não informar o número do passaporte no CIVP porque daqui a alguns anos preciso de um novo passaporte, aí o número irá mudar. Por isso, informei o RG, mas depois fiquei todo estressado com o fato de informar um documento diferente do que quero apresentar na imigração. Vc apresentou o quê lá na hora? RG ou passaporte?

    Resumindo, vc sabe se é problema na imigração constar um documento no CIVP (RG) e apresentar outro (Passaporte)?

    Mais uma dúvida: e a assinatura? Eles conferem mesmo se a assinatura do CIVP está idêntica a do documento a ser apresentado??? No meu caso, há uma pequena diferença de grafia, pois no passaporte tive que abreviar meu nome para caber, mas no CIVP o escrevi por extenso.

    Tantas dúvidas…ai ai. Por quê sou tão preocupado com tudo??? Conto com sua ajuda!

    • Olá! Tudo bem?
      Vamos lá:
      Eu coloquei o número do meu RG no CIVP e foi super tranquilo para entrar na Tailândia com ele. Pode ficar tranquilo!!!
      Eu não me lembro se eles conferem a assinatura no CIVP com a do passaporte, mas também não acho que isso atrapalhe algo.
      Entendo bem suas dúvidas e estamos aqui para ajudá-lo no que pudermos 😉
      Abraços,
      Gabi

      • Olá Gabriela, obrigado pela resposta!

        Só para eu entender: vc colocou o RG no CIVP e apresentou o RG na imigração (além do passaporte), ou vc nem chegou a levar o RG para a viagem?

        Que blog bom, caramba! Parabéns!!! Sucesso!!!

  4. Olá!!
    Tenho tentado achar uma resposta a minha pergunta mas não consegui achar nada até agora.
    Nós vamos pra Malásia no próximo mês e a vacina amarela é obrigatória pra quem vem do Brasil. A minha esposa nasceu no Brasil mas nós moramos (há 4 anos) numa zona onde não vacinam contra a febre amarela porque não há risco. Na internet há quem diga que a vacina e o certificado é obrigatório pra qualquer individuo brasileiro e pelo contrário também já li que somente quem esteve em uma zona de risco recentemente é que precisa desse certificado. Nós até poderíamos ver pra fazer essa vacina cá mas tivemos um bebé recentemente e a minha mulher está a amamentar e então não é aconselhado.
    Alguma ideia?

    Obrigado!!!

    • Olá! Tudo bem?
      Estive duas vezes na Malásia e nunca me pediram o CIVP, embora seja obrigatório. Já na Tailândia, não tem como passar na imigração sem ele.
      O certificado é obrigatório para todos os brasileiros, independentemente de morarem em área de risco ou não. No caso da sua esposa, ela pode pedir um CIVP em alguma agência na Anvisa com a ressalva de que não pode tomar a vacina por se encaixar no grupo que é dispensado para tanto.
      Espero que dê certo 😉
      Abraços

  5. Olá! Sou brasileira mas moro na Europa a um ano e vou para a Asia da Europa (não passarei pelo Brasil em nenhum momento). Nesse caso, eu ainda preciso tomar a vacina da febre amarela?

    Obrigada

    • Olá! Tudo bem?
      A imigração da Tailândia pede o certificado a todos que possuem o passaporte brasileiro. Foi o único país da Ásia, dos que visitamos, que realmente pediu. Se você for pra lá, deverá passar primeiro no guichê do controle sanitário para preencher o formulário. Eles perguntam quando a pessoa saiu do Brasil. Acredito que como você mora na Europa e não esteve no Brasil recentemente, eles caribem seu formulário sem a necessidade do certificado. Mas não tenho certeza de como é na prática.
      Boa sorte!
      Beijos

  6. Eu sempre tenho dúvidas sobre quais países precisam ou não da vacina hehehe, mas não dá pra bobear e perder a viagem né? Eu não posso tomar a vacina, mas tirei o certificado de isenção quando fui para a África do Sul. A mulher lá pediu o meu certificado da vacina, mostrei o da isenção, ela olhou com uma cara de quem nunca tinha visto aquilo antes, mas me deixou entrar numa boa rs.

    • Nem sabia que existia certificado de isenção. Na verdade, nem pensei como é com as pessoas que não podem tomar a vacina.
      De qualquer forma, é sempre bom ter esse certificado seu em mãos, né?
      Beijos

  7. Menina, fui tomar essa vacina e me deu uma baita dor de cabeça. No posto que fui não me deixaram tomar. kkkk E eu com viagem marcada PRECISANDO da vacina. Imagina só. Acabei indo num outro posto e a moça não me deu só esta vacina, já me vacinou de todas as outras possíveis. kkkkk
    Estas dicas são excelentes Gabi, parabéns. =)

    • Mas depois que você tomou ela e as outras vacinas teve mais alguma efeito colateral?
      Antes da viagem da Ásia, resolvi ir ao posto e reforcei várias vacinas, como as de tétano, poliomielite, meningite, dentre outras. Foi bom para viajar mais tranquila.
      O bom é que você agora também está super imunizada, né? rss
      Beijos

  8. Agradeço por não mais precisar me submeter a vacina para a febre amarela, pois sou um tantinho alérgica e a sobreposição poderia me tornar intolerante. Amei o alerta e a lembrança da importância de deixar grudadinho no passaporte, pois não estamos no mundo para perder de conhecê-lo, né? BjO!!!

  9. Poxa, não tava sabendo que a vacina agora era pra sempre.
    Eu já tomei mais vezes essa vacina do que tenho décadas de vida por motivos de: cadê o certificado?! Hehehehe
    Obrigada pela info. Beijinho

  10. É extremamente se atentar para este detalhe do Certificado Internacional da Vacina. Fizeram a checagem na ida para Honduras e teve gente que não pôde embarcar, acredita?
    Uma dica que eu deixo é chegar no site da Anvisa se há alguma recomendação para o lugar que se quer viajar, pois pode haver alguma epidemia pontual! Não vamos perder viagem por isso, né! Ótima dica!