Cabo Verde: o que fazer na Ilha do Sal

Cabo Verde: o que fazer na Ilha do Sal

Com tantos voos diretos entre o Brasil e Cabo Verde e o crescente número de brasileiros interessados em conhecer o país, uma grande dúvida que surge é o que fazer na Ilha do Sal, a mais turística de todas as ilhas cabo-verdianas.

Para quem não sabe, o arquipélago de Cabo Verde é composto de 10 ilhas, sendo que apenas uma delas não é habitada (Santa Luzia).

A Ilha do Sal tem uma excelente infraestrutura para o turismo, é cheia de hotéis e restaurantes e muito visitada principalmente por turistas europeus. Por conta do seu maior público, o custo nessa ilha é mais alto que nas outras.

Pontão de  Santa Maria, na Ilha do Sal 

Onde fica a Ilha do Sal

O arquipélago de Cabo Verde fica no Oceano Atlântico, entre o Brasil e o continente africano. A Ilha do Sal faz parte do grupo das ilhas que ficam ao norte, chamadas de Ilhas de Barlavento.

Para saber a exata localização, veja no mapa abaixo todas as ilhas de Cabo Verde e observe que a Ilha do Sal está circulada de vermelho.

Para se ter uma ideia de proximidade com o Brasil, Sal está a apenas pouco mais de 3 horas de cidades do nordeste brasileiro, como Fortaleza e Recife, e a pouco mais de 4 horas partindo de Salvador.

Como ir do aeroporto ao centro da Ilha do Sal

A distância entre o Aeroporto Internacional Almícar Cabral até o centro de Santa Maria, que é a parte mais turística da Ilha do Sal e onde estão localizados a maior parte dos hotéis, é de 16,5km.

Esse trajeto e feito em menos de 20 minutos e as formas de fazer esse deslocamento são:

Táxi: cobram €15 pelo trajeto e esse valor é praticamente tabelado.

Van: pelo custo de €1 faz o trajeto do aeroporto até Santa Maria, mas não há um ponto fixo para pegar o transporte. É necessário sair do aeroporto e ficar aguardando na pista principal até aparecer uma van.

Transfer do hotel: alguns hotéis oferecem o traslado gratuito do aeroporto até a acomodação.

Aeroporto Internacional Almícar Cabral

O que fazer na Ilha do Sal

Santa Maria é a cidade onde se concentra a maior parte da rede hoteleira da Ilha do Sal, abrigando hotéis de todos os padrões, dos mais simples aos resorts de luxo de redes internacionais.

Ficamos hospedados bem no centro da cidade, de onde fazíamos todos os passeios pelo vilarejo a pé. O centro de Santa Maria é muito pequeno, repleto de bares e restaurantes e não há muito o que se ver além disso.

Rua 1 de junho, no centro de Santa Maria

Nos 5 dias em que passamos na Ilha do Sal, aproveitamos bastante para descansar, curtir a praia e caminhar pelo centro nos finais de tarde.

A única visita turística que fizemos em Santa Maria foi conhecer o mercado central, onde compramos algumas frutas. Não achamos o mercado muito interessante.

No mais, os nossos dias em Sal se resumiram basicamente em passar a manhã inteira na praia, sair para almoçar, voltar para a praia de tarde e passear pelo centro no início da noite.

Falando em praia, muita atenção com ouriços do mar (porco-espinho), pois as praias em Santa Maria são lotadas desses pequenos animais marinhos, que muitas vezes conseguem fazer um estrago com os nossos pés. Em mais de um momento eu vi turistas se machucando com os espinhos.

A nossa viagem a Cabo Verde ocorreu após uma longa viagem que fizemos pela Europa durante o inverno e o que mais queríamos naquele momento era sombra e água fresca. Por isso, separamos 10 dias para ficarmos no país, dividindo 5 dias na Ilha de Santiago e 5 dias na Ilha do Sal.

Passeio de 1 dia pela Ilha do Sal

Independentemente do número de dias que você opte por passar na Ilha do Sal, recomendamos o passeio de um dia pela ilha, chamado de day tour. Há diversas empresas que fazem esse passeio e você pode contratar o day tour antecipadamente aqui no blog.

O passeio de 1 dia pela Ilha do Sal é a melhor forma de explorar os locais mais distantes da ilha sem preocupação de ter que alugar um carro e encontrar as rotas certas para cada lugar a ser visitado.

O carro do nosso day tour na Ilha do Sal

Veja os lugares lindíssimos que conhecemos nesse day tour:

• Kite Beach

É considerada uma das melhores praias para a prática de kitesurf.

Inclusive, quando estivemos visitando a praia estava tendo um o campeonato mundial de kitesurf. Segundo o nosso guia, há 3 cabo-verdeados campeões mundiais dessa modalidade esportiva.

A kite beach é uma praia com muito vento, perfeita para o kitesurf

A praia tem o mar agitado e muito vento, o que justifica ser o local ideal para a prática do surf.

Paramos apenas para um breve passeio pela areia e ver o pessoal surfando. A nossa visita à praia não durou mais que 20 minutos.

• Murdeira

O próximo ponto de parada foi Murdeira, uma pequena vila na parte oeste da ilha. Nesse local paramos na Baía de Murdeira, uma reserva natural com piscinas naturais e recife de corais.

É interessante ver o contraste da paisagem desértica, com muita areia, pedras e pouco verde com as tonalidades verdes e azuis do mar.

Andamos poucos metros pelas pedras pontiagudas para chegarmos até a beirada de frente para o mar e vimos  uma paisagem digna de cartão postal.

A paisagem é incrível!

• Terra Boa

Continuamos o passeio em direção a Terra Boa, onde vimos os efeitos das ilusões de água no deserto, chamado de miragem. Isso ocorre quando a imagem que vemos é formada pelo desvio da luz refletida sobre o local.

Fomos até essa enorme área plana no meio do deserto onde tivemos a impressão de ver água no deserto por causa da ilusão de ótica.

Local onde vimos a miragem no deserto

• Buracona

O quarto ponto de parada do passeio foi um lugar chamado Buracona, uma enorme piscina natural lindíssima, onde os visitantes podem tomar banho e mergulhar.

A piscina natural de Buracona

Antes de chegar à piscina, pegamos uma pequena trilha para ver um local chamado “Olho Azul” (blue eye cave), uma caverna subaquática muito bonita.

Quando a luz solar atinge esse local, a cor da água fica na coloração azul turquesa, formando uma imagem que lembra um olho azul, por isso o seu nome.

O famoso “olho azul”

A piscina natural de Buracona é formada por rochas vulcânicas e a água é um pouco fria se compararmos com as águas das praias do nordeste brasileiro.

Para quem resolver tomar banho, muita atenção novamente com os ouriços do mar (porco-espinhos), que estão por toda a parte (lá também vimos turistas com os pés machucados com espinhos).

É necessário pagar uma taxa de 3 para entrar em Buracona e visitar o Olho Azul.

• Espargos

O ponto de parada seguinte do passeio foi na vila de Espargos, a maior cidade da ilha. Lá visitamos uma loja de lembranças e fizemos degustação de bebidas alcóolicas típicas.

Degustação de bebidas em Espargos

Depois fomos almoçar no restaurante Nortenha, que oferece uma boa variedade de peixes, frutos do mar e comida típica.

O almoço é pago à parte e saiu na faixa de €10 por pessoa (a refeição + a bebida não alcóolica). 

Escolhi o atum grelhado para o almoço

• Baía Parda

Após o almoço fomos até um local conhecido como a baía dos tubarões para termos a experiência de vermos os tubarões-limão de perto.

Alugamos sapatos de borracha, que custaram €2, e entramos na água para ver os animais. Essa espécie de tubarão nada em águas quentes e rasas e por isso nós conseguimos vê-los de muito perto.

Nessa foto tem tubarão nadando!

• Salinas de Pedra Lume

O último ponto de parada foi nas Salinas de Pedra Lume, situada dentro de uma cratera de vulcão extinto e cujo sal deu nome à Ilha do Sal.

As Salinas de Pedra Lume

A concentração de sal é tão grande na água que nos impede de afundar. Pode entrar na água sem medo que você vai boiar! É uma experiência parecida com a do Mar Morto.

O valor para entrar nas salinas é €5 e, quem quiser, também pode tomar banho de água doce (no chuveiro) no final da visitação (pagando uma taxa extra).  

Boiando nas águas salgadas das Salinas

Passeio de 1 dia na Ilha do Sal

Contrate agora o seu passeio de 1 dia pela Ilha do Sal e conheça os lugares mais bonitos da ilha! Lembrando que cada reserva feita através dos nossos links gera uma pequena comissão para nós ;).

Clique aqui para contratar o passeio!

Outras informações sobre o passeio

Nos tours estão incluídos:

  • Traslado de/para hotel
  • Transporte particular
  • Guia local 

O que não está incluído no passeio e paga-se à parte:

  • Almoço
  • Taxas de entrada na Buracona (€ 3) e nas Salinas (€ 5)
  • Gorjeta (opcional)

Tivemos um gasto adicional total de €25, por pessoa, com entradas, aluguel de sapato e refeições. 

O que levar para o passeio:

  • Calçados e roupas confortáveis
  • Óculos de sol
  • Boné/chapéu
  • Roupa de banho e toalha
  • Protetor solar
  • Água mineral
  • Máquina fotográfica
  • Chinelo e calçado aquático (caso possua)

O que NÃO é permitido levar para o passeio:

  • Malas ou bolsas grandes

Informações adicionais:

  • A atividade não é acessível para cadeirantes
  • Crianças menores de 2 anos não pagam pelo passeio

Quantos dias na Ilha do Sal

Nós passamos 5 dias inteiros na Ilha do Sal, 4 deles em Santa Maria e 1 dia inteiro fazendo o passeio pela ilha.

Caso você pretenda fazer uma viagem com menos tempo ou queira conhecer várias ilhas do país,  3 dias na Ilha do Sal são suficientes.

Onde se hospedar na Ilha do Sal

Há muitos resorts e hotéis de alto padrão, mas também há opções de pousadas e hotéis mais simples. Nós ficamos hospedados no centro de Santa Maria, no Hotel Ouril Julia e gostamos bastante.

→Clique AQUI para ver todas as opções de hospedagens em Santa Maria no site do Booking.com.

→Clique AQUI para ver todas as opções de hospedagens em Santa Maria no Airbnb.

Onde comer na Ilha do Sal

Não faltam opções de bons restaurantes na Ilha do Sal, principalmente em Santa Maria. No geral, achamos as refeições caras, com valores compatíveis com alguns países da Europa.

De todos os restaurantes que visitamos na ilha, o que mais gostamos e recomendamos muito é o Cam’s – Mercearia Gourmet, que serve todas as refeições (café da manhã, almoço e jantar), além de lanches e uma boa variedade de tortas deliciosas. Pagando o combo do dia por € 6 é possível fazer a refeição com prato principal, bebida e sobremesa. 

Uma das muitas tortas que comemos no Cam’s

Gostamos tanto que voltamos todos os dias!

⚠️Dica: quando estiver em Cabo Verde, caso goste de peixe, não deixe de experimentar o atum grelhado. É sensacional!

Quando visitar a Ilha do Sal

As ilhas de Cabo Verde podem ser visitadas o ano inteiro. A alta temporada vai de junho até outubro, quando o turismo é intenso e os custos para ficar no país são mais altos.

Nós estivemos em Cabo Verde no início do mês de março e o tempo estava ótimo, com céu azul e temperatura muito agradável. No entanto, achamos a água do mar um pouco fria.

Só tivemos dias lindos na Ilha do Sal!

Entre dezembro e março, um forte vento seco e poeirento, conhecido como Harmatão ou bruma seca, sopra em toda a África Ocidental e chega até Cabo Verde levando a poeira do Saara. O grande problema desse vento é que pode causar transtornos na viagem, como cancelamentos de voos.

E assim foi a nossa viagem à Ilha do Sal, com dias lindos, muita sombra e água fresca, da forma que nós esperávamos!!

Assista ao vídeo abaixo com alguns momentos da nossa viagem à Ilha do Sal:

Leia também:

Quanto custa viajar para Cabo Verde?

Diário de viagem: conhecendo Cabo Verde

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em mais de 165 países! Você recebe o seu chip do Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em diversos países – evite filas!

✈️ Compre aqui as suas passagens aéreas e consiga as melhores tarifas e condições de pagamento!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

Ama animais, viagens e gastronomia, sempre tentando conciliar suas três paixões. Andou por mais de 60 países e está sempre programando a próxima viagem. O destino? Depende das promoções de passagens aéreas!

Deixe um comentário