Bandeira do Sri Lanka

O que você precisa saber antes de visitar o Sri Lanka

O Sri Lanka é um país insular situado no sul da Índia, rodeado pelo Oceano Índico. Local de diferentes paisagens como cidades caóticas, plantações de chá e mar de águas cristalinas, conhecer o Sri Lanka pode ser uma experiência inesquecível!

Se quiser ver templos hindus, templos budistas, igrejas católicas e mesquitas em uma única cidade, ah, pode ter certeza que tudo isso você verá no Sri Lanka. Mulheres vestindo sári, outras de véu e até freiras com seus crucifixos pendurados no pescoço podem passar por uma mesma rua; um verdadeiro melting pot!

Pretende visitar o Sri Lanka um dia? Então veja algumas curiosidades sobre esse país tão único e cheio de diversidades.

#Informações gerais

Moeda: Rúpia cingalesa – LKR

Idioma: cingalês e tâmil

Fuso horário em relação ao Brasil: +8h30

Código telefônico: +94

Embaixada do Brasil em Colombohttp://colombo.itamaraty.gov.br/pt-br/

Clima: tropical e tropical úmido, com uma estação seca e outra chuvosa

Voltagem: 220v

Tomada: existem 2 tipos, a de três pinos redondos e a de um pino achatado na vertical e dois pinos achatados na horizontal

Tomadas do Sri Lanka

⚠️Se os seus eletrônicos forem de dois pinos redondos paralelos, caso tenha dificuldade em encaixá-los na tomada, desligue a chave, insira uma caneta no pino de cima e encaixe o plug.

#Onde exatamente está localizado o Sri Lanka?

Ao olhar no mapa, você verá que, ao sul da Índia, existe uma pequena ilha separada do continente indiano pelo estreito de Palk. Essa ilha é justamente o Sri Lanka.

Veja no mapa a sua exata localização:

#Um breve histórico sobre esse exótico país

Já ouviu alguma vez falar do Ceilão? Prazer, esse é o Sri Lanka. Inclusive, esse era o nome do país desde a chegada dos portugueses, em 1505, até 1972.

A ocupação portuguesa deixou muitos rastros no país, principalmente no idioma! Embora o cingalês, idioma oficial, seja uma língua incompreensível pra gente, descobrimos muitas semelhanças com o nosso!

Conversando com uma local, ficamos sabendo que “camisa”, “sapato”, “toalha” e “armário”, por exemplo, têm o mesmo som que em português. Não faço a mínima ideia de como eles escrevem essas palavras, mas a pronúncia é igual à nossa!

O Sri Lanka também passou uma longa Guerra Civil (26 anos), que durou até 2009, envolvendo o governo do país com os Tigres Tâmeis, que lutavam pela criação de um estado independente.

Hoje em dia, aparentemente, está tudo tranquilo por lá.

#Qual a capital do Sri Lanka?

Pode parecer uma pergunta boba, mas 99% dos sites que li sobre o país citavam Colombo como a sua capital.

A cidade de Colombo foi capital do país entre a sua independência do domínio britânico, em 1947, até 1977, quando a capital foi transferida para Sri Jayawardenepura Kotte.

Sri Jayawardenepura Kotte está localizada no subúrbio de Colombo e é lá onde está o Parlamento cingalês. Portanto, é a capital oficial do Sri Lanka.

Colombo, por ser o grande centro financeiro e econômico, é considerada a capital comercial.

#Preciso de visto para visitar o Sri Lanka?

Com exceção dos cidadãos das Maldivas, Seychelles e Singapura, todos os nacionais dos outros países do mundo precisam tirar visto para o Sri Lanka.

Nacionais de 19 países precisam tirar o visto antecipadamente em uma das embaixadas do Sri Lanka espalhadas pelo mundo. É o caso dos cidadãos dos seguintes países: Camarões, República do Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Egito, Gabão, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Nigéria, Paquistão, Quênia, Serra Leoa, Sudão, Síria e Uganda.

As demais pessoas, como os brasileiros e portugueses, por exemplo, precisam apenas de uma Autorização Eletrônica de Viagem  (ETA – Electronic Travel Authorization).

#Quando visitar o Sri Lanka?

Programar uma viagem ao Sri Lanka requer atenção em relação à época em que o turista deseja visitar o país, pois monções atingem a ilha de norte a sul, leste a oeste.

MELHOR ÉPOCA 

  • Janeiro a Abril – todo o país
  • Julho (segunda metade) a Setembro – todo o país
  • Fevereiro a Setembro – norte e leste

MONÇÕES

  • Maio a Julho –  monções no sul e oeste
  • Outubro a Janeiro –  monções no norte e leste

PRAIA

  • Janeiro a Abril – sul
  • Maio a Julho – leste

VIDA SELVAGEM

  • Dezembro a Abril – pássaros do Bundala National Park e baleias na costa sul
  • Novembro a Abril  – golfinhos em Kalpitya
  • Julho a Setembro – elefantes do Triângulo Cultural e leopardos no Yala/Wilpattu National Parks
#Como chegar ao Sri Lanka?

Dentre os diversos destinos que voam para o país, escolhemos partir de Bangkok, capital da Tailândia, para Colombo, a maior cidade do Sri Lanka.

Pegamos um voo direto da SriLankan Airlines em uma viagem que durou 3 horas e 20 minutos.

As passagens mais baratas que encontramos foi pela Air Asia, companhia aérea low cost super famosa na Ásia, mas como estávamos com dificuldade em efetuar o pagamento com os cartões de crédito do Brasil, acabamos comprando as passagens pelo site da Decolar (o site da SriLankan Airlines também estava com problemas para o pagamento com cartões do Brasil).

#Quanto tempo ficar no Sri Lanka?

Embora não seja um país grande, há muitas coisas diferentes para se fazer no Sri Lanka. Há opções que vão desde visitar os seus sítios históricos, as suas plantações de chá, fazer safaris, trekking ou até mesmo surf.

Nós passamos 9 dias inteiros no país e achamos que foi pouco. Conseguimos ver quase tudo que estava programado, mas a viagem foi muito corrida e cansativa por causa da pouca quantidade de dias e demora no deslocamento entre as cidades.

A quantidade de dias para a sua viagem ao Sri Lanka dependerá do tipo de turismo que você gostaria de fazer e a sua disposição na viagem. Caso deseje conhecer um pouco de cada coisa que o país tem a oferecer, 15 dias seria um tempo razoável.

Alguns dos locais mais visitados no Sri Lanka (conhecemos 9 desses):

  • Anuradhapura
  • Mihintale
  • Polonnaruwa
  • Sigiriya
  • Dambulla
  • Kandy
  • Ella
  • Nuwara Eliya
  • Mirissa
  • Colombo
  • Galle
  • Yala National Park
  • Udawalawe National Park
#Deslocamento dentro do Sri Lanka

Essa foi a maior dúvida que tivemos ao programar a viagem ao país.

Como iríamos viajar entre as tantas cidades que queríamos conhecer por lá?

Uma das opções seria contratar um motorista para rodar o país, ou então procurar ônibus e trem para fazer os trajetos internos. Ficamos com a segunda opção, que é ridiculamente barata. Não sabíamos que estávamos embarcamos em uma super aventura que é viajar de transporte público pelo país!

Lemos relatos de que o transporte no Sri Lanka era irregular e sem horários certos; um caos total. Isso é verdade, mas a oferta de ônibus entre as cidades é tão grande que, contra todos os prognósticos, viajar pelo Sri Lanka acabou sendo mais fácil do que imaginávamos. Fácil, porém cansativo…

Além do mais, perdemos muitas horas nos deslocamentos entre as cidades, o que fez a viagem ficar mais corrida ainda.

#Gastos no Sri Lanka

O Sri Lanka é um país pobre e, no geral, hospedagem, deslocamento e alimentação são super baratos.

A exceção é em Colombo, onde os hotéis são bem mais caros que nas outras cidades. Com um orçamento de aproximadamente R$200 por diária, não conseguimos encontrar nenhum hotel em Colombo com mesmo padrão que encontramos em outros países da Ásia. Os hotéis aparentemente melhores estavam pelo menos o dobro do nosso orçamento.

Decidimos ficar hospedados em um hotel cápsula, na verdade é um hostel. Ficamos lá na primeira noite na cidade e gostamos tanto que fizemos reservas para os outros dias. Testamos e aprovamos!

Nas outras cidades, as acomodações eram mais baratas que em Colombo.

Já as atrações turísticas do país são bem caras – as entradas para os sítios mais visitados custam entre U$25 e U$30.

#Segurança

O Sri Lanka é um país seguro, sem aquela violência urbana que estamos acostumados a ver nos noticiários sobre as cidades brasileiras.

Durante todos os 9 dias, não nos sentimos inseguros em momento algum.

Apenas nos últimos dias da viagem, quando estávamos em Colombo, conhecemos uma inglesa que disse se sentir incomodada com o assédio dos homens. Ela chegou a colocar um anel no dedo para dizer que era casada.

Até então, não tinha percebido nada, mas, quando andamos pelo centro caótico de Colombo, alguns homens olhavam  pra mim com aquele ar intimidador, sem disfarçar, e outros chegaram a falar na minha cara que eu era bonita (isso na frente de Fabrício – meu esposo).

Foi aí que senti o que as mulheres que viajam sozinhas às vezes passam 🙁

Nada que impeça essas mulheres de irem ao Sri Lanka – por sinal, eu vi várias por lá. Mas é importante manter aquela atenção de sempre, principalmente em Colombo.

#Outras informações
  • No geral, é fácil se comunicar em inglês no país;
  • A comida é muito condimentada e picante;
  • fast-foods pelo país (na maioria: Pizza Hut, KFC e Burger King);
  • Quando for pegar um tuk tuk, combinar previamente o valor da corrida;
  • Utilizamos um chip de internet ilimitada para ficarmos conectados durante toda a viagem;
  • Se precisar transitar em Colombo, principalmente para percorrer grandes distâncias, como do aeroporto ao centro, o Uber funciona super bem;
  • Em algumas cidades menores, não encontramos casas de câmbio e tivemos que sacar dinheiro do caixa automático;

Assista alguns momentos da nossa viagem ao Sri Lanka:

Leia também:

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

4 Comentários

  1. Maria

    Obrigada pela partilha da vossa experiência.

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »