Portugal de carro: um dia visitando Fátima, Batalha, Alcobaça, Nazaré e Óbidos

Passamos um dia inteiro passeando por várias cidades portuguesas de carro, em um roteiro sem pressa, por lugares que eu já conhecia (com exceção de Nazaré), mas que tinha ido há mais de 10 anos e que gostaria que Fabrício também conhecesse.

Saímos cedo de Cascais, onde fica a casa de meu pai, e seguimos em direção ao Santuário de Fátima, um local muito frequentado por fiéis católicos e onde afirmam que Nossa Senhora de Fátima apareceu para três crianças em 1917.

⚠️O seguro viagem, com cobertura mínima de 30 mil euros, é obrigatório para entrar na Europa.

O lugar onde fica o Santuário é bastante amplo e há uma capela com a imagem da santa, uma igreja, um local para acender velas e um caminho por onde as pessoas cumprem promessas, em sua maioria andando ajoelhados.

O santuário de Fátima

O Santuário de Fátima

Somente mais um entre os vários pagadores de promessas

Somente mais um entre os vários pagadores de promessas

Nos arredores, há ainda várias lojinhas vendendo lembrancinhas, que em sua maioria são miniaturas da santa e garrafinhas com água benta.

De Fátima, seguimos em direção a Batalha, uma pequena vila onde está situado o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, conhecido como o Mosteiro de Batalha. A construção do século XIV foi fundada por D. João I, em agradecimento à virgem pela vitória na batalha de Aljubarrota, que ocorreu em 1385.

Fachada do Mosteiro de Batalha

Só tirado foto de longe para incluir parte do mosteiro!

Mas não é só por fora que o mosteiro impressiona. São muitos detalhes também dentro do mosteiro, que só passando horas lá dentro para poder observar as minúncias. Nessas horas, dá um ponta de inveja dos que estudaram arquitetura e história da arte, pois conseguem aproveitar mais o que o lugar tem a oferecer.

A entrada principal e o altar

A entrada principal e o altar

Como o mosteiro é a grande atração de Batalha, é possível aproveitar todo o tempo para a construção. Bem ao lado do mosteiro, há uma pracinha bem pequena com algumas poucas lojinhas de souvenirs.

Seguindo viagem, o nosso próximo destino foi Alcobaça, cidade que leva esse nome por ser banhada pelos rios Alcoa e Baça.

Alcobaça é uma graça!

Alcobaça é uma graça!

O vilarejo também é pequeno, porém um pouco maior que Batalha. É uma cidadezinha bem bonitinha e conservada, que tem como maior atração o famoso Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, uma construção do século XII, que enche os olhos até mesmo de quem não entende muito de arte sacra.

Fachada do Mosteiro de Alcobaça

Fachada do Mosteiro de Alcobaça

As grandes atrações do mosteiros são os túmulos de D. Pedro I, que foi o oitavo rei de Portugal, e de sua amada Inês de Castro, aquela a quem fui “apresentada” por Camões quando li os Lusíadas. Conta a história que o pai de D. Pedro I não aprovava o seu relacionamento com Inês e por isso mandou matá-la. Inconformado com o assassinato de seu amor, quando D. Pedro I virou rei de Portugal, mandou coroar Inês, já morta, rainha de Portugal. Por conta desse fato, ainda hoje se utiliza em Portugal a expressão “Inês já é morta” para dizer que já é tarde demais para tomar alguma decisão.

A nave central

A nave central

Em sentido horário: o túmulo de de D.Pedro I, o altar e o túmulo de Inês de Castro

Em sentido horário: o túmulo de de D.Pedro I, o altar e o túmulo de Inês de Castro

Saindo de Alcobaça, fomos conhecer a cidade de Nazaré, que foi a maior surpresa de todo esse passeio não só porque nem eu nem meu pai, que mora em Portugal, conhecíamos o lugar, mas também por ter sido o local que a vista mais nos impressionou.

A cidade, como boa parte das vilas portuguesas, é pequena e bem cuidada, com arquitetura típica do país e as pedras portuguesas, que é claro que não podem faltar!

No centro da cidade há inúmeras lojas e restaurantes

No centro da cidade há inúmeras lojas e restaurantes

Seguimos em direção à orla da cidade e vimos ainda mais lojas e restaurantes, mas o que chamou a nossa atenção foram as senhoras vestidas com saias, lenços e meias. Eram várias senhoras nesses trajes típicos, que eram bem comuns nessa região (tivemos que tirar a foto do celular e com muita discrição!).

Senhoras em trajes típicos, a cidade de Nazaré e a sua orla

Senhoras em trajes típicos, a cidade de Nazaré e a sua orla

Caminhamos um pouco pela orla, paramos para almoçar e aproveitar a variedade de frutos do mar que a região oferece e subimos a pé para ver a praia do alto. Foi nesse momento que vimos por que Nazaré realmente impressiona!

Almoçando em um dos restaurantes da orla

Almoçando em um dos restaurantes da orla

A subida é um pouco cansativa até o Farol de Nazaré

A subida é um pouco cansativa até o Farol de Nazaré

Vista da praia do alto

A praia vista do alto

Com meu pai e minha madrasta, que nos levaram até esse lindo lugar

Com meu pai e minha madrasta, que nos levaram até esse lindo lugar

Nenhuma foto ou vídeo é capaz de captar toda a beleza e encanto do lugar. Ver aquela maravilha da natureza, com a formação das ondas gigantes, foi uma experiência tão sensacional que a nossa vontade era de ficar por lá até a noite chegar.

Foi nesta praia, inclusive, que a surfista Maya Gabeira sofreu um acidente e quase morreu em outubro de 2013, dois meses antes de nossa visita ao local. Não é difícil entender por que Nazaré foi escolhida para sediar campeonatos de ondas gigantes!

Como ainda tínhamos planos de passar por mais uma cidade, tivemos que nos despedir das ondas gigantes e seguir em direção a Óbidos a última cidade desse roteiro e que, entre todas as outras que visitamos, é a mais diferente.

Mas sabe por que Óbidos é diferente? Porque ela é uma cidade rodeada por muralhas, resquícios da ocupação moura no século XII. Eu já tinha ido a Óbidos há mais de uma década e fiquei muito feliz em voltar e poder andar pelos caminhos estreitos dentre a fortificação.

E neste ano a cidade estava diferente, mais animada, pois fomos na semana do Natal e tudo estava iluminado e bem decorado.

Centro de Óbidos com suas lindas lojinhas!

Centro de Óbidos com suas lindas lojinhas!

Resquícios da capela destruída

Resquícios da capela destruída

As construções medievais fazem de Óbidos uma das sete maravilhas de Portugal

As construções medievais fazem de Óbidos uma das sete maravilhas de Portugal

Pelas muralhas de Óbidos

É muito legal andar pelas muralhas!

Começava a escurecer quando estávamos andando pelas muralhas de Óbidos. Era inverno e o sol dava adeus mais cedo, mas pelas ruelas da cidade, a animação da época de Natal estava a todo gás! Aproveitei para tomar Ginjinha, a bebida típica da região, que ajudou aquecer um pouco aquele início de noite.

Vai uma ginjinha aí?

Vai uma ginjinha aí?

E assim terminamos o passeio de um dia por 5 lindas cidades portuguesas! Foi um passeio um pouco corrido? De certa forma, sim! Mas, com exceção de Nazaré, eu já conhecia todos esses locais.

Então foi uma boa oportunidade de rever esses cenários com um olhar mais maduro, de quem já conheceu uma grande parte da Europa, mas que ainda tem Portugal guardado no ❤️!

Quer mais dicas de Portugal?

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

29 Comentários

  1. Carlos Alberto Gomes Pinto

    Gabriela,
    Irei a PORTUGAL em maio ou Junho, estarei com minha mãe que já tem 80 anos, ela é de Batalha e quero fazer-lhe uma surpresa. Fico 15 dias em Portugal e Espanha. Poderia passar algumas dicas, se melhor alugar um carro ou algo alternativo. Ir primeiro a Lisboa e fazer de la o ponto de partida, ou Porto a Lisboa.
    Agradeço antecipadamente
    CARLOS ALBERTO

  2. Mônica Reis

    Oi Gabriela, boa noite!!
    Estou indo a Portugal em setembro próximo, em um grupo com 6 adultos, gostaria por favar que me indique uma agencia de viagem que faça o passeio por estas cidades e, (01) um dia, irei passar apenas tres dias e meio em Lisboa.
    Abraços !!

  3. silvia

    Oi, Gabriela. Obrigada por compartilhar sua experiência. Vou levar meu pai e minha tia, que são idosos e tem um pouco de dificuldade de locomoção, para conhecer Fátima, partindo de Lisboa. Pensei em alugar carro, para ter mais autonomia, e quem sabe passar por lá a caminho de Porto. Como é o estacionamento nesses locais, muito longe? Meu pai vai de scooter elétrico, aquelas motinhos para pessaos com dificuldade de locomoção.
    Obrigada,

  4. orquideas jardinagem

    Obrigado parа uma postagem maravilhosa! Ꭼu realmente gostava de ler, você рode sеr
    um grande autor. Vou certifique-ѕe de marcar ѕeu blog
    e será eventualmente voltar em breve . Quero encorajar você continuar
    sua grande tгabalhar, tenha um bom fim de sеmana !

  5. Nathália

    Ola! Adorei a dica, eu já tinha visto todas essas cidades em 1 dia, mas em tour e este não é barato.
    Gostaria de fazer também, mas teria que ser de ônibus, você sabe alguma coisa a respeito?
    Tem ônibus ligando essas cidades, que já verifiquei, só não sei se ficaria mt corrido. Sem contar os deslocamentos vc tem ideia de qt tempo gastou em cada cidade? Tava calculando 1h em Alcobaça, Batalha e 1:30 em Óbidos, 3h em Fátima e 2h Nazaré, terminando a noite.
    Obrigada!

    • Olá, Nathália! Tudo bem?
      Sei que há ônibus, mas não conheço as rotas nem frequência. Acho que de ônibus fica muito corrido conhecer todas essas cidades, mas acho que seu cálculo em cada cidade ficou mais ou menos dentro do que deve ser. Só indicaria que fosse a Nazaré ainda claro, para pode ver as ondas gigantes.
      Beijos

  6. Lica Garcia

    Boa tarde, Gabriela. Quero agradecer fiz esse roteiro,fiquei em Lisboa,alugamos um carro.Foi tudo maravilhoso .Segui td vc passou. Nazaré é lindo,andar pelas muralhas Óbidos , realmente vale a pena fazer esse roteiro. Não precisa ficar preocupados em relação conduzir carro tudo muito fácil, lógico com ajuda gps!.

  7. Anna Carolina

    Oi Gabriela! Adorei seu post!! Vou fazer esse roteiro em fevereiro com meu esposo. Iremos de Lisboa oara Porto de carro aproveitando para conhecer cidadezinhas do caminho. Estamos super animados e com algumas dúvidas. Como será inverno e os dias são mais curtos te pergunto: Quanto tempo vocês gastaram para fazer as 4 cidades? Qual delas a visita é mais rapida e qual mais demorada?
    Depois seguiremos para Fatima, Tomar e Coimbra. Você conhece essas 3 também? Acha que gasto qto tempo para visitar Fátima e Tomar?
    Obrigada por compartilhar suas experiências! !
    Grande beijo!
    Anna Carolina

    • Olá, Anna! Tudo bem?
      Que viagem gostosa que vocês farão!! Nós levamos o dia inteiro para fazer esse roteiro (saímos de manhã cedo e ficamos até o final da tarde). As visitas mais rápidas foram em Batalha e Alcobaça e as mais demoradas em Óbidos e Nazaré. Dessas outras cidades que vocês visitarão, conhecemos apenas Fátima.
      Muito obrigada pela mensagem 😉
      Beijos e boa viagem!!

  8. Nunca pensei que desse para fazer tanta coisa no mesmo dia. Quando meu roteiro por Portugal sair do mapa, com certeza voltarei aqui para seguir as dicas.

  9. Marcia

    Oi Gabriela, estou pensando em passar 2 dias em Porto, e depois no dia seguinte bem cedo, seguir de Porto para Marvão, depois Tomar, Nazaré e finalizar em Óbidos para passar a noite….A dúvida é se é melhor passar a noite em Nazaré, ou Óbidos, e se mesmo sendo corrido, é possível fazer esse roteiro em 1 dia…No meu caso, ir de Porto a Marvão, já vão consumir 3h de viagem, então a preocupação de conseguir gerenciar o tempo e ter tempo suficiente de conhecer os lugares…O que você recomendaria nesse caso?

  10. Rose Pontes

    Adorei! Estamos com ideia de ir para Ushuaia! Quero informações.

  11. Julio Aguiar

    Parabens pelo Blog!
    Vou para Portugal no próximo mês com minha mae e meu irmão e suas dicas foram ótimas!
    Vou tentar fazer esse passeio de um dia de Fátima de carro como vc fez.
    Obrigado pelas precisas informações.

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »