Manaus e os encantos da Amazônia

Manaus é a capital do estado do Amazonas, maior cidade da região amazônica e principal centro financeiro e econômico do norte do país. Como a maioria das capitais do Brasil, é uma cidade muito grande, com atrações turísticas distantes, o que dificulta a locomoção por transporte público. Por isto, recomendamos o aluguel de carro, não só pela praticidade, mas também para fugir um pouco do calor.

Esta capital histórica está localizada no centro da Floresta Amazônica, a maior floresta tropical do mundo. Além das paisagens típicas da região, há uma rica arquitetura do final do século XIX e início do século XX, fruto do ciclo da borracha, um período de imensa importância para a economia brasileira, que teve grande impacto também em outras capitais do norte do Brasil.

E é nesse contexto que encontramos o teatro mais bonito do país – o Teatro Amazonas! Inaugurado em 1896, é símbolo de período de glória do ciclo da borracha, com uma fachada belíssima e uma cúpula com as cores da bandeira do Brasil. Ao seu redor, foram utilizadas borrachas nos paralelepípedos evitando, dessa forma, que o barulho dos carros e carroças interferissem nas apresentações realizadas no teatro.

Seu interior impressiona mais ainda, com o salão de espetáculos de cair o queixo, até mesmo de quem já visitou teatros mundo afora. Fizemos uma visita guiada, ESSENCIAL para que entendêssemos cada detalhe do local, com uma guia muito preparado e que entendia de arte e história.

Teatro Amazonas Manaus

O Teatro Amazonas e a cúpula com as cores da bandeira brasileira

Fachada do Teatro Amazonas

A linda fachada do Teatro Amazonas!

O salão de espetáculos tem uma acústica tão boa, que dispensa amplificadores nas apresentações e, disse o guia, que segundo Pavarotti, a acústica do Teatro Amazonas está entre as melhores do mundo, comparando-a com outros teatros europeus, como a Ópera Garnier, em Paris.

Dentro do salão de espetáculos, há um teto lindamente pintado, destacando-se as cores azul e dourada, onde as partes douradas lembram os pés da Torre Eiffel. Dentre as pinturas, o guia nos explicou toda a simbologia que envolve o drama e a comédia.

O salão de espetáculos é LINDO!!!

Camarote do Governador Teatro Amazonas

Camarote do Governador do Estado

Continuamos a visita pelas dependências do teatro, onde tivemos acesso aos corredores com pinturas pelas paredes e bustos de personalidades esculpidos; vimos as primeiras cadeiras utilizadas na época de sua inauguração; uma sala com instrumentos musicais; o lindíssimo salão nobre; e um camarim cenográfico, reconstituído como os camarins de antigamente.

Salão Nobre do Teatro Amazonas

O salão nobre

Camarim Cenográfico Teatro Amazonas

O camarim cenográfico

O teatro está localizado no centro da cidade, no largo de São Sebastião, local rodeado de restaurantes, onde os turistas podem experimentar tanto os quitutes regionais, como fazer um lanche simples ou comer uma pizza. De frente para esse largo vemos a Igreja de São Sebastião, com sua arquitetura gótica e neoclássica do século XIX, imitando as igrejas europeias.

Paróquia de São Sebastião Manaus

A Igreja de São Sebastião vista do Teatro Amazonas

Ainda no centro, visitamos o Museu Paço da Liberdade, edifício que também marca a presença da arquitetura neoclássica na cidade e que expõe obras de arte de artistas amazonenses, além de outras exposições temporárias. Fizemos uma visita guiada dentro do prédio e vimos uma escavação onde descobriram urnas funerárias e fragmentos de cerâmica do período pré-colonial.

Após andarmos pelas salas, subimos em um terraço com vista para os casarões antigos da cidade, com arquitetura típica do século passado. O prédio onde está instalado o museu encontra-se totalmente revitalizado, no entanto, essa não é a realidade das outras casas ao seu redor e da praça que fica na sua frente, que ainda carecem de cuidados.

Arquitetura do centro de Manaus

Casarões antigos vistos do alto do Paço da Liberdade

Andando pelo centro, você verá também o Relógio Municipal de Manaus, construção importada da Suíça e instalada na segunda década do século passado. Apesar de histórica, percebemos que, infelizmente, o local encontra-se abandonado, com pichações em suas colunas. Como havia tapumes na praça ao seu redor, ficou a expectativa de que possa estar totalmente recuperado em breve.

Relógio Municipal de Manaus

O Relógio Municipal de Manaus parecia estar abandonado

Próximo ao porto, passamos pelo Mercado Municipal Adolpho Lisboa, construído no século XIX às margens do Rio Negro. Separado em duas partes (uma dentro do edifício antigo e outra dentro de uma estrutura de ferro), o mercado abriga artesanato local e diversos tipos de comida regional. Se quiser levar algo de lembrança para os amigos, sugiro os salames doces, feitos de doce de cupuaçu com castanha. São baratos e deliciosos!

Recomendamos muito a visita a esse mercado, principalmente pela excelente estrutura, com quiosque de informações turísticas que disponibilizam gratuitamente guias e revistas para os turistas.

Mercado Municipal de Manaus

Fachada do Mercado Municipal

Estrtura de Ferro Mercado Municipal Manaus

Estrutura de ferro do mercado onde fica a parte das carnes

Manaus - Mercado Municipal

Produtos típicos e artesanato local

Para um fim de tarde, recomendamos um passeio pela charmosa orla da Ponta Negra, uma praia fluvial banhada pelo Rio Negro, localizada a mais de 10km do centro, onde se concentram modernos prédios de luxo que contrastam com outras partes da cidade. É um local agradável para caminhada e prática de esportes, como ciclismo e patinação, além do vôlei de praia e futebol na areia.

Passamos um bom tempo andando ao longo da orla e aproveitamos que era final de tarde para apreciar um belíssimo pôr do sol amazônico!

Praia de Ponta Negra

A praia de Ponta Negra

Tanto a orla quanto a praia estão muito bem cuidadas!

Por do Sol na Ponta Negra

Fim de tarde em Ponta Negra

A culinária amazônica é riquíssima e os cafés da manhã manauaras (manauara refere-se ao nativo de Manaus) são super famosos! Por indicação de nossa amiga Sheila, fomos conhecer o Café Regional Priscila, uma casa tradicional que serve comidas típicas do café da manhã local.

O café da manhã do norte nos lembrou muito o do nordeste, pois ambos servem tapioca, banana da terra frita, cuscuz, bolo de aipim, pamonha, mingaus, dentre outros. Por outro lado, há sabores que só encontramos nessa região do país como: suco de taperebá, x-caboquinho (sanduíche recheado de tucumã), tapioca com recheio de castanha, dentre muitas outras comidas que só vimos por lá!

Assim que entramos, recebemos uma comanda em papel com todo o cardápio. Marcamos tudo que queríamos comer e entregamos ao garçom. No final, pagamos no caixa e apresentamos o comprovante de pagamento na saída.

Café Manaus regional

O local estava lotado!

Tapioca recheada Manaus

Tapioca recheada de queijo e castanha e suco de cupuaçu

Café da Priscila Comida Regional

Farofa de carne seca

A comida é bem servida, o atendimento é rápido e os preços são razoáveis. Para quem não sabe, não há acesso rodoviário dos grandes centros brasileiros até Manaus, o que torna o custo de vida alto na capital do Amazonas.

Além dos passeios dentro da cidade, ainda tivemos a oportunidade de fazer um passeio de barco pelos rios da Amazônia, que durou um dia inteirinho. Foi, sem dúvida, essencial para fechamos com chave de ouro a visita a Manaus! De tão legal, será tema de um post exclusivo, onde contaremos todos os detalhes 😉

Se você gosta de conhecer shoppings, há o famoso Manauara Shopping, decorado especialmente com elementos da Floresta Amazônica, dando ênfase à flora, fauna e cultura amazonense. Além da decoração prestigiado o artesanato regional, há uma árvore na parte central do shopping.

E esses foram os lugares que conseguimos conhecer em um dia e meio (lembrando que tiramos mais um dia para o passeio de barco). A cidade é grande e cheia de locais para visitar. Não conseguimos conhecer, por exemplo, a Arena Amazônia, que só vimos por fora, e a Zona Franca de Manaus. É bom que sempre temos um motivo para voltar, né?

E você? Já esteve em Manaus?

Como foi a sua experiência?

Organize sua viagem com a gente:

🏢 Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

🏥 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades.

📱Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

🚘 Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

💵 Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

9 Comentários

  1. Preciso muito ir pra Manaus pq já morei lá quando era bebê de colo então não lembro de nada!!! hahahaha Ainda mais que ultimamente virei a louca dos teatros! Só esse ano já visitei 3!

  2. Eu morei em Macapá e pude conhecer bastante bem o norte, as infelizmente não cheguei a conhecer Manaus. Adoraria. E isso porquê eu amo visitar teatros e o Amazonas está desde sempre no meu imaginário. Adorei saber que eles têm visitas guiadas, isso encanta o visitante. 🙂 adorei o post.

  3. Muito legal o post, Gabi! Manaus é muito pitoresca mesmo e todos falam muito bem dos seus temperos!
    Não sabia que a orla da Praia de Ponta Negra era tão legal, curti bastante o calçadão! 😉

  4. Fran Agnoletto

    Amei o post!
    Estamos loucos para conhecer Manaus e a Amazônia.
    Esse ano qual saiu, mas no fim deu tudo errado. Torcendo para conseguirmos ir em 2017.
    Beijos

  5. Eu tenho uma vontade enorme de conhecer Manaus. Sempre babo nas fotos do Theatro.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »