Um dia em Viña del Mar e Valparaíso

Vai ao Chile e gostaria de conhecer outras cidade próximas à capital? É muito fácil fazer um bate e volta de carro de Santiago até Viña del Mar e Valparaíso: as estradas são ótimas, o valor do aluguel de carro não é alto (na época, o valor da diária não chegou a R$ 100) e as distâncias são curtas (um pouco mais de uma hora de viagem).

Tanto Viña del Mar quanto Valparaíso são cidades costeiras, com altas temperaturas no verão, mas que em nada afetam as águas geladas do Pacífico, ou seja, nenhuma coragem para cair no mar, pelo menos pra gente. O visual é tão lindo, que esperamos que as fotos do post façam com que você queira conhecer esse pedacinho do Chile.

#Aluguel de carro

Ao alugarmos o carro escolhemos o modelo mais básico, que foi o Spark da Chevrolet, e foi um ótimo custo benefício, já que éramos 4 pessoas.

🚗Faça uma cotação de aluguel de carro aqui e pague sem IOF

Pudemos alugar o carro com a nossa carteira de habilitação do Brasil, ou seja, não precisamos da Permissão Internacional para Dirigir (PID). Fizemos  a reserva pela internet ainda no Brasil e, quando chegamos à agência, entregamos nossos documentos, efetuamos o pagamento com o cartão de crédito, fizemos a vistoria do carro e seguimos viagem!

Pegando a estrada!

A estrada é um tapete, com a maior parte do trecho mão única e com três vias, super bem sinalizadas. Dá para ver nas fotos que as estradas são de alto padrão, né? Se a sua preocupação for quanto à qualidade das vias ou segurança, pode ficar tranquilo(a), pois o Chile está mais para o um país de primeiro mundo do que qualquer outro na América do Sul.

Faça uma pesquisa nas diversas locadoras de veículos na cidade e escolha a que atende melhor as suas necessidades.

#O que vimos em Viña del Mar

Viña del Mar faz parte da Província de Valparaíso, mesmo nome da cidade de Valparaíso, e, apesar de serem duas cidades grudadas, elas são bastante diferentes. Particularmente, achei Viña bem mais charmosa e agradável, com seus canteiros floridos, ruas limpas e praia bonita.

A cidade é conhecida como “a cidade-jardim”, com flores que mesmo no verão são bem cuidadas. A mais famosa delas é o Relógio de Flores, um jardim no formato de relógio, que é o grande cartão postal da cidade. Assim que você chegar a Viña del Mar, siga em direção ao mar e você verá o relógio de flores do seu lado direito. Como não há local para parar o carro, vire a primeira à direita (você verá uma placa indicado Reñaca) e observe que, do lado esquerdo da pista, terá um estacionamento pago. Você poderá parar o carro ali mesmo e atravessar a rua para se juntar ao monte de turistas que disputam para tirar um foto sozinhos com a atração.

Relógio de Flores: o cartão postal de Viña del Mar!

A orla da cidade é tão agradável que o ideal é deixar o carro estacionado e sair caminhando pela calçada! Pouco menos de 1km do relógio, encontra-se outro local interessante para tirar foto: o Castillo Wulff, um castelo bem bonitinho, que foi construído quase que em cima do mar. Há uma parte mais alta de onde é possível tirar fotos várias com um visual bem legal!

O Catillo Wulff que foi construído em cima das pedras

Depois, seguimos para ver a praia, mais do que isso: ver o Pacífico pela primeira vez! O único que até já tinha tomado banho nas águas geladas desse oceano foi Fabrício, quando morou nos Estados Unidos.

Apesar do dia extremamente quente, a água do mar estava geladíssima. Nós só tivemos coragem de colocar os pés na água (e as nossas roupas de banho continuaram dentro da mala do carro), mas havia algumas poucas pessoas corajosas tomando banho naquele iceberg! Escolhemos a charmosa Playa Reñaca para ser o local onde tocaríamos no oceano pela primeira vez.

A charmosa Playa Resaca

A badalada Playa Reñaca

Molhando os pés no Pacífico pela primeira vez!

A orla da cidade é tão agradável, de forma que aqueles momentos passeando por ali já fizeram valer o passeio. Vá sem pressa, com roupas leves e passe bastante protetor solar, pois o sol é de rachar!

Outro ponto de parada da turistada é o Museo Fonck, com um acervo de objetos arqueológicos que retratam as características antropológicas dos povos primitivos que viveram em várias regiões do país. Só que o motivo deste museu ser tão famoso é a estátua de um Moai bem em sua entrada (para quem não sabe, os Moais são estátuas de pedra que foram construídas pelo povo Rapanui e que só existem na Ilha de Páscoa).

A entrada do museu e o Moai da Ilha de Páscoa

A entrada do museu e o Moai da Ilha de Páscoa

Se não conseguimos chegar à Ilha de Páscoa, pelo menos ela veio até a gente!

#O que vimos em Valparaíso

Como Viña del Mar e Valparaíso são bem próximas, é até difícil saber o momento exato que saímos de uma e entramos na outra, a não ser pelos cuidados da cidade em si. Percebemos que Valparaíso é mais decadente, talvez por ser uma cidade portuária. Sabe aquele centro de capitais brasileiras em pleno domingo? Foi assim que nos sentimos passando por algumas ruas da cidade. Um certo ar de abandono e um cenário oposto a da sua vizinha.

Mas isso não quer dizer que não valha a pena passar por Valparaíso. Muito pelo contrário! Se você já está tão perto, não custa nada dar uma conferida na cidade, mesmo porque há locais interessantes para passear.

O primeiro deles é a Plaza Sotomayor, a principal da cidade, que abriga edifícios que compõe a zona histórica da cidade, como o Edifício Armada de Chile, que era a prefeitura da cidade e que por causa da sua arquitetura foi declarado Patrimônio Nacional. Na mesma praça encontramos também o Monumento aos Heróis de Iquique, em homenagem aos heróis navais da batalha de Iquique e Punta Gruesa. No local, também há bares e restaurantes.

Edifício Armada de Chile (azul)

O Monumento aos Heróis de Iquique

O Monumento aos Heróis de Iquique

Outro ponto de parada interessante é o Paseo 21 de Mayo, o principal mirante da cidade, de onde se tem uma vista espetacular de Valparaíso. O acesso ao local pode ser feito pelo tradicional Ascensor de Artilleria, um elevador que liga a parte baixa da cidade à alta. Como estávamos de carro, evitamos a fila longa do elevador e chegamos mais rápido lá em cima!

Vista do alto do Paseo 21 de Mayo

Sem sombra de dúvidas que esse lugar fez valer o passeio a Valparaíso. Além ter uma vista panorâmica da cidade, o local é bem preservado e há uma feirinha de artesanato bonitinha e com bons preços. Esse é o local que recomendamos para compras de lembrancinhas de viagem.

O último ponto de parada foi o Museo Naval y Maritimo, que conta a história da marinha do Chile, com réplicas de embarcações antigas, contando um pouco da história da Guerra do Pacífico e os seus principais personagens. Um dos objetos mais recentes do acervo é a cápsula Fênix, utilizada para resgatar 33 mineiros que trabalhavam na mina de San José e ficaram soterrados durante 2 meses até a cápsula conseguir resgatar um a um.

Acervo do Museo Naval y Maritimo

O museu está situado em um enorme casarão de dois andares, com uma área aberta no meio e o acesso ao andar superior foi feito pelas escadas.

Para horário e valores atualizados, visite o site da atração clicando aqui.

E assim, terminamos o dia na área costeira do Chile, voltando para Santiago já de noite, mas em pleno horário de verão, razão pela qual pegamos a estrada ainda iluminada com a luz solar.

Leia também:

Turistando em Santiago

Vinícola Concha y Toro

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

5 Comentários

  1. Quero!!!! Adorei o post, vou dar um pulo nas cidades!!!

  2. CAROLL MONIZ

    Quero muito conhecer!!!! se possível esse ano ainda!!!!!!!Adorei as dicas.

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »