Vale a pena comprar o Jordan Pass?

Vale a pena comprar o Jordan Pass?

Última atualização em por

Passagens compradas para a Jordânia, roteiro sendo organizado, e a pergunta que não quer calar: será que vale a pena comprar o Jordan Pass?

Quando planejamos a nossa viagem ao país, pesquisamos bastante qual seria o melhor custo benefício para visitar as atrações mais icônicas da Jordânia e decidimos comprar o Jordan Pass, que é o passe turístico que dá direito à entrada em muitos locais e até mesmo ao visto para entrar no país.

No entanto, há muitos detalhes a serem observados antes de optar ou não pela compra do passe e por isso vamos compartilhar aqui com você como foi a nossa experiência.

O que é o Jordan Pass?

O Jordan Pass, que em português seria traduzido como “Passe Jordânia”, é um passe turístico que dá direito à entrada em 36 atrações espalhadas pelo Reino da Jordânia.

Há 3 tipos de passes:

JORDAN WANDERER

Esse passe inclui:
  • 1 dia de visita a Petra;
  • Entrada em mais de 40 atrações na Jordânia;
  • Isenção de taxas de visto se o Jordan Pass for comprado antes da chegada à Jordânia e o turista passar, no mínimo, três noites consecutivas no país (4 dias).
Valor em 2019: 70 JD – (99 USD)

JORDAN EXPLORER

Esse passe inclui:
  • 2 dias consecutivos de visita a Petra;
  • Entrada em mais de 40 atrações na Jordânia;
  • Isenção de taxas de visto se o Jordan Pass for comprado antes da chegada à Jordânia e o turista passar no mínimo três noites no país (4 dias).
Valor em 2019: 75 JD – (106 USD)

JORDAN EXPERT

Esse passe inclui:
  • 3 dias consecutivos de visita a Petra;
  • Entrada em mais de 40 atrações na Jordânia;
  • Isenção de taxas de visto se o Jordan Pass for comprado antes da chegada à Jordânia e o turista passar no mínimo três noites no país (4 dias).
Valor em 2019: 80 JD – (113 USD)

Observe que a diferença entre um passe e outro é APENAS a quantidade de dias que o turista pretende visitar Petra.

O curioso é que somente estão disponíveis para a venda no site oficial do Ministério do Turismo e Antiguidades da Jordânia os 3 tipos de passes acima, mas, quando estivemos visitando as atrações do país, descobrimos que existiam outras modalidades de Jordan Pass que incluíam mais atrações e que, por algum motivo, não são vendidas no site.

Como funciona o passe turístico

O Jordan Pass é comprado online, através do site oficial do país, e basta apresentar o passe impresso ou digital (no smartphone) para ter acesso à entrada nos pontos turísticos cobertos pelo passe.

Jordan Pass

O passe é válido por 12 meses após a data da compra, expirando automaticamente após 2 semanas a partir do primeiro dia em que o passe for utilizado.

Quais as atrações incluídas no Jordan Pass

  • Petra
  • Jerash
  • Wadi Rum
  • Amman Citadel
  • Ajloun Castle
  • Umm Qays
  • Qasr Al-Azraq
  • Quseir Amra
  • Karak Castle
  • Pella
  • AlHallabat
  • Umm Ar-Rasas
  • Umm Qays Museum
  • Umm al-Jimmal
  • Shobak Castle
  • Al-Hamimah
  • Museum of Popular Traditions – Amman
  • Jordan Archaeological Museum
  • Aqaba Museum
  • Madaba Archaeological Museum
  • As-Salt Museum
  • St. Elijah’s Hill (Tal Mar Elias)
  • Dar Al-Saraya Museum – Irbid
  • Karak Museum
  • Iraq Al-Amir
  • Qasr Al-Kharranah
  • Roman Theater Amman
  • Qasr Al-Mushatta
  • Qasr Hammam Al-Sarh
  • As-Salt Historical Museum
  • Madaba Archaeological Park
  • Church of the Apostles
  • Burnt Palace – Madaba
  • Lowest Place on Earth Museum
  • Aqaba Castle
  • Rehab / Al-Mafraq

Nós passamos 10 dias na Jordânia, sendo que 2 dias foram dedicados a visitar Petra, e conhecemos ainda um pouco mais de 15 das atrações listadas acima.

Algumas foram muito interessantes e nos surpreenderam, como Jerash 👍, outras não valeram a pena o deslocamento para conhecer, como o Lowest Place on Earth Museum👎.

The South Theater of Jerash Jordan

The South Theater – Jerash

Quando estiver organizando o seu roteiro de viagem à Jordânia, pesquise bastante para saber o que cada uma dessas atrações tem a oferecer e, se possível, leia também relatos de viajantes de outros países. Inclusive, foi lendo sobre o Jordan Pass em um site gringo que decidimos que não poderíamos deixar Jerash de fora. Foi a decisão mais acertada da viagem!

💡IMPORTANTE: para entrar nas atrações, basta mostrar o Jordan Pass (no celular mesmo), mas para e entrada em PETRA, é necessário primeiro ir até a bilheteria para mostrar o Jordan Pass e retirar um bilhete impresso.

Clicando aqui você encontrará os horários de funcionamento de algumas das principais atrações da Jordânia.

O que NÃO está incluído no Jordan Pass

Com tantos locais incluídos no Jordan Pass, é fácil de imaginar que não será necessário pagar por mais nenhuma atração quando estiver na Jordânia.

Porém, em três momentos distintos, tivemos que pagar a mais para conhecer alguns locais que não estavam incluídos no passe:

  • Bethany, The Baptism Site: local onde Jesus Cristo foi batizado;
  • Mount. Nebo: um monte que foi mencionado na bíblia como o lugar de onde Moisés viu a Terra Prometida e onde ele morreu;
  • St George Church: uma igreja bizantina que guarda o mapa de Madaba, um mosaico localizado no chão que é a representação mais antiga da Terra Santa.

Dessas 3 atrações, é possível adquirir antecipadamente e com desconto o bilhete para conhecer o local do batismo de Jesus. Basta adicionar a atração no momento da compra do Jordan Pass.

Como incluir o VISTO de turismo para a Jordânia

Brasileiros e portugueses podem tirar o visto para a Jordânia na chegada ao país (visa on-arrival) pelo custo de 40JD, aproximadamente 56 dólares. 

O pagamento somente pode ser feito em dinheiro e em moeda local (Jordanian Dinar – JD), ou através de cartão de crédito.

Os portadores do Jordan Pass possuem a isenção da taxa de visto de turismo desde que o passe seja comprado antes da chegada ao país e que o turista fique no país por no mínimo 3 noites (4 dias).

Se você comprar o Jordan Pass, basta apresentá-lo ao oficial responsável pelo recebimento do pagamento das taxas de visto, que terá a isenção do valor.

Crianças precisam do Jordan Pass?

Crianças menores de 12 anos têm entrada gratuita nas atrações turísticas desde que estejam acompanhadas de seus pais.

No entanto, ao chegar ao país, é necessário pagar o visto da criança, que tem o custo de 40JD.

Na época da nossa viagem, o nosso filho tinha 1 ano e 7 meses e entrou gratuitamente em todos os locais conosco, mas tivemos que pagar o visto de turismo dele na chegada ao país. É um gasto alto e que não tem como fugir dessa despesa :(.

Cálculos importantes antes de comprar o Jordan Pass

Com exceção de Petra, as atrações turísticas na Jordânia não são absurdamente caras, mas como os gastos na Jordânia são altos, inclusive a moeda deles é valorizada, é importante fazer alguns cálculos antes de decidir pela compra do Jordan Pass.

Vale a pena comprar o Jordan Pass

The Treasury – Petra

1- Visto de turismo para a Jordânia: 40JD

2- Visita a Petra:

2.1- Turistas que estão dormindo na Jordânia

  • 1 dia em Petra: 50JD
  • 2 dias em Petra: 55JD
  • 3 dias em Petra: 60JD

2.2- Turistas que vão visitar Petra no primeiro dia em que cruzaram a fronteira: 90JD

💡ATENÇÃO: os visitantes acomodados que visitarem Petra no primeiro dia de sua chegada das fronteiras pagarão as taxas de passagem da fronteira (90JD) e retornarão no dia seguinte para obter um reembolso de 40 JD.

2.3- Turistas que cruzarão a fronteira apenas para visitar Petra e não dormirão no país: 90JD
No site oficial do centro de turismo da Jordânia é possível ver os valores das entradas de cada atração.

Como comprar o Jordan Pass

Nós compramos os nossos passes no site oficial e efetuamos o pagamento com um cartão de crédito habilitado para compras internacionais e logo recebemos um email com o Jordan Pass em PDF.

O tipo de bilhete que escolhemos foi o intermediário, EXPLORER, que dava direito não só ao visto, como também a 2 dias consecutivos de visitação a Petra.

Excursão para Petra

Contrate aqui um pacote de excursão para Petra saindo de diversas cidades da Jordânia ou de Israel e viaje com tranquilidade!

Compre aqui!

Vale a pena comprar o Jordan Pass?

Algumas perguntas são necessárias para saber se realmente vale a pena comprar o Jordan Pass:

  • Você vai dormir na Jordânia por pelo menos 3 noites?
  • Deseja conhecer Petra? (quem não??)

Se você for observar os valores dos passes, o mais barato tem o custo de 70JD.

Digamos que você esteja viajando pelo país e deseje visitar Petra por 1 dia. Nesse caso, você terá que desembolsar 40JD do visto + 50JD da entrada em Petra. Observe que só aí o seu gasto será de 90JD, bem mais alto que o valor do Jordan Pass mais barato.

Acredito que de todos os casos de pessoas que visitam a Jordânia, o único em que não vale a pena comprar o Jordan Pass é daqueles que vão cruzar a fronteira com Israel para visitar Petra e voltar.

Para aquelas pessoas que vão passar pelo menos 4 dias no país, VALE MUITO A PENA adquirir o Jordan Pass e assim ter a tranquilidade de não ter gastos com visto e com a entrada em Petra. O único conselho que eu dou é de que pague um pouco a mais e compre o passe que dá direito a 2 dias em Petra. Um dia é muito pouco e você provavelmente sairá com um gostinho de quero mais!

Ah, e como conselho nunca é demais, vale a pena também fazer um esforço para conhecer Jerash – o sítio arqueológico é INCRÍVEL e imenso! Separe um dia para conhecê-lo ;).

Muitas das dúvidas que eu tinha sobre o Jordan Pass foram tiradas no próprio site oficial.

Leia também:

Como é tomar banho no Mar Morto

Diário de viagem: Líbano e Jordânia

Viaje para a Jordânia com um chip de internet ilimitada

Contrate seu seguro viagem para a Jordânia

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em mais de  165 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em diversos países – evite filas!

✈️ Compre aqui as suas passagens aéreas e consiga as melhores tarifas e condições de pagamento!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

Ama animais, viagens e gastronomia, sempre tentando conciliar suas três paixões. Andou por quase 60 países e está sempre programando a próxima viagem. O destino? Depende das promoções de passagens aéreas!

Deixe um comentário