O que você sabe sobre a Suazilândia ou Reino de eSwatini?

O que você sabe sobre a Suazilândia ou Reino de eSwatini?

Última atualização em por

A Suazilândia ou Reino de Eswatini é um pequeno país africano considerado a última monarquia absoluta existente de todo o continente.

Não é um destino lá muito turístico, mas a sua proximidade com a África do Sul fez com que esticássemos a viagem para visitar esse país que muitos amigos nossos desconheciam.

Sim, não foram poucas vezes em que dissemos que iríamos à Suazilândia e as pessoas perguntavam onde era isso. Muitos até diziam que nunca tinham nem ouvido falar desse país.

Por isso, resolvemos contar um pouco a história desse local pouco falado entre brasileiros e da nossa experiência visitando a capital Mbabane.

Alguns dados importantes sobre a Suazilândia

Área total: 17.364 km²

IDH: 0,588 (posição 144º)

Capital: Mbabane

Cidade mais populosa: Manzini

Independência do Reino Unido: 1968

Idioma: suázi e inglês

Moeda: lilangeni

Fuso horário: UTC + 2 (5 horas a mais que o Brasil)

Museu em Mbabane com saudação nos idiomas oficiais

Informações sobre a Suazilândia

Reinado e mudança de nome do país

Antes e mais nada, achei muito singular a história da Suazilândia e por isso resolvi compartilhar com você um pouco do que aprendi sobre esse distante país.

Como já disse no início desse post, a Suazilândia é a última monarquia absoluta que ainda remanesce no continente africano. O monarca Mswati III é um cara excêntrico, que possui nada mais nada menos que 15 esposas (a poligamia masculina é permitida no país). Para a escolha das esposas, há um festival onde as mulheres dançam seminuas para o rei e ele escolhe se alguma lhe agrada para vir a ser a sua próxima mulher.

Da esquerda para a direita: o Rei da Suazilândia, sua mãe (que governa junto com ele) e o Primeiro Ministro

O rei é muito criticado mundo afora por levar uma vida de luxo, com uma fortuna de milhões de dólares, em um país onde mais de 70% da população vive abaixo da linha da pobreza.

Em 2018, o rei simplesmente decidiu que o nome do país seria mudado de Suazilândia para eSwatini (se escreve assim mesmo, com o “e” minúsculo e o “s” maiúsculo, de acordo com as normas ortográficas do idioma suázi).

Isso tudo ocorreu durante a cerimônia de 50 anos da independência do país, que coincidia com os 50 anos de vida do monarca. De acordo com a língua suazi, eSwatini significa “lugar dos suazis” e seria a tradução do nome Suazilândia.

Outro motivo que levou à mudança do nome foi o fato de esse recente país ser confundido, graficamente, com a Suíça, pois em inglês Suazilândia é escrito Swaziland, enquanto a Suíça é Switzerland. De qualquer forma, as semelhanças se restringem apenas à combinação das letras dos dois países.

A crise da AIDS

Infelizmente, a Suazilândia é conhecida mundialmente por ter a maior taxa de infectados com o vírus da AIDS no mundo. Com uma população de pouco mais de 1 milhão de pessoas, as estimativas são de que mais de 200 mil estejam infectadas com o vírus HIV.

Segundo dados da Unicef, 39,2% das mulheres grávidas estão infectadas com o vírus e aproximadamente 17 mil crianças são expostas, anualmente, à infecção do vírus durante o nascimento.

Para se ter uma ideia da gravidade do problema, 1 a cada 3 adultos está infectado com o vírus da AIDS.

E com todo esse problema de saúde pública, o país é o que tem um das menores expectativas de vida no mundo. Segundo dados encontrados em diversos sites na internet, a média de vida de um cidadão suázi é de pouco mais de 40 anos.

Onde está localizada a Suazilândia

A Suazilândia, agora chamada de Reino de Eswatini, é um dos países do sul do continente africano que faz fronteira com Moçambique e África do Sul.

É um país tão pequeno, que a sua área total é menor que a do famoso Kruger Park, na África do Sul.

Melhor época para visitar a Suazilândia

A Suazilândia é um destino que pode ser aproveitado durante todo o ano.

Para quem deseja ver a vida selvagem e fazer safari, os meses mais indicados são de maio a setembro, período de inverno e clima seco. Assim como na África do Sul, é  possível também ver os famosos BIG FIVE na Suazilândia (elefante, leão, rinoceronte, búfalo e leopardo).

Já durante o verão, outubro a março, o clima é quente e úmido e foi justamente quando estivemos por lá. Durante a nossa viagem a temperatura estava amena e pegamos um pouco de chuva em Mbabane, mas nada que atrapalhasse o passeio.

Turismo na Suazilândia

A Suazilândia não é um país turístico e acredito que a maioria dos turistas que o visitam aproveitam a proximidade com a África do Sul e com Moçambique para passar alguns poucos dias no atual Reino de eSwatini.

A nossa visita à capital do país aconteceu justamente após o passeio que fizemos pela África do Sul, onde conhecemos Joanesburgo, Cidade do Cabo e fizemos um safari no Kruger Park.

++ Clique aqui para ler o nosso roteiro de 2 dias na Suazilândia ++

Como a Suazilândia estava localizada a poucos quilômetros do nosso último destino sul-africano, o Kruger Park, resolvemos ver o que esse pequeno país tinha de interessante, afinal, não temos preconceitos e queremos visitar todos os países possíveis!

Posto de imigração na fronteira entre África do Sul e Suazilândia

O que facilitou bastante o nosso turismo por lá, além da pouca distância da África do Sul, foi o fato de não ser necessário visto de turismo para brasileiros, o inglês ser uma das línguas oficiais e o rand, moeda sul-africana, ser amplamente aceita na Suazilândia.

Conhecemos apenas Mbabane, que a capital da Suazilândia, e dois dias foram suficientes para fazermos turismo nesse pequeno país.

Com certeza que essa esticadinha da viagem valeu a pena!

Passeando em um parque da capital Mbabane

Leia também:

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em diversos países – evite filas!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

Ama animais, viagens e gastronomia, sempre tentando conciliar suas três paixões. Andou por quase 60 países e está sempre programando a próxima viagem. O destino? Depende das promoções de passagens aéreas!

3 Comentários

  1. Que ótimo descobrir um país que poucos sabem da existência! Mas pelo visto não há muito para se ver lá! Valeu pela aventura! Bjk!