Hong Kong Island: a principal ilha de Hong Kong

Hong Kong Island: a principal ilha de Hong Kong

Com uma população de mais de um milhão de habitantes, a maior ilha de Hong Kong parece que nunca dorme. A fervilhante Hong Kong Island é repleta de centros comerciais, mas quando eu digo repleta, é de uma forma que nós brasileiros não imaginaríamos. São tantas lojas e shoppings, um do lado do outro, que os apaixonados por compras enlouqueceriam sem saber onde entrar primeiro.

E a parte da ilha que achamos a mais animada é a região de Causeway Bay, local onde os aluguéis comerciais são os mais caros do mundo, ultrapassando inclusive os valores cobrados na Quinta Avenida, em Nova Iorque.

Mas o que fez desse lugar o nosso preferido não foram as lojas em si, mesmo porque não costumamos fazer grandes compras em viagens, e sim o clima animado nas proximidades de Causeway Bay, principalmente durante a noite quando os letreiros iluminados viram verdadeiras atrações aos olhos dos turistas.

Os maiores centros comerciais dessa área são: Lee Gardens, SOGO, Times Square e Hysan Place.

Mais a oeste de Causeway Bay, há uma outra região pertencente ao centro financeiro de Hong Kong que é chamada de Admiralty e abriga muitos escritórios, prédios governamentais, hotéis e shoppings. Dentre os diversos edifícios que compõem a paisagem moderna dessa área está o Lippo Centre, um edifício um tanto diferente que deveria representar coalas nas árvores, mas que na verdade é uma construção meio bizarra que se parece com aqueles brinquedos cheio de peças para encaixar.

O prédio bizarro do Lippo Centre

O prédio bizarro do Lippo Centre

Entre a região de Admiralty e Central, está situado o Hong Kong Park, local que passamos por acaso enquanto estávamos perdidos à procura do Pico Vitória. Pesquisamos bastante como chegaríamos ao pico só que quando estávamos mais ou menos perto do local, as placas não ajudavam e as pessoas não sabiam dar informação. Até que apareceu um australiano simpático que nos explicou como chegar à grande atração de Hong Kong Island (algo que nenhuma pessoa de Hong Kong sabia informar).

Após a informação dada pelo gringo, conseguimos chegar a esse parque, que é bem bonitinho e foge um pouco do clima urbano da cidade, porém acabamos não aproveitando o clima do lugar por causa da pressa em achar a entrada para subir no Victoria Peak também chamado de The Peak.

No sentido horário: Hong Kong Park, o mapa de localização do parque, o bonde e os ingressos para o The Peak 

Enfrentamos uma longa fila para comprar as entradas, que dão direito ao tram, que é o bonde, e à entrada no Sky Terrace 428, para ter a vista panorâmica da cidade.

A entrada no bonde foi meio tumultuada e o pessoal só falta se matar para ir sentado. Caso você consiga um lugar vago para ir sentado, dê preferência ao lado direito na subida e ao lado esquerdo na descida, de onde dá para ter uma vista da cidade.

Assim que o bonde chegou ao destino final, passamos por algumas lojinhas com cara de camelô e que na verdade fazem parte de um shopping. Para chegar ao terraço e finalmente ver Hong Kong de cima, é necessário subir alguns andares de escada rolante.

A vista do alto do Sky Terrace 428

A área do terraço do prédio, chamada de Sky Terrace 428, não é muito ampla, mas a vista panorâmica de 360 graus é bem legal, pois nos dá uma noção da imensa quantidade de arranha-céus que compõem o cenário honconguês, a 428 metros acima do nível do mar. Logo na entrada, recebemos um guia de áudio em inglês gratuito com explicações sobre os locais para onde estávamos direcionados. Por ser uma área aberta e em uma parte alta, venta bastante no alto do Sky Terrace 428 e recomendo que, se for inverno, leve um casaquinho e óculos escuros (fui sem os meus e acabei saindo de olhos fechados em todas as fotos). Mesmo tendo visitado o local em um dia nublado, conseguimos fazer bom proveito do passeio e recomendamos a subida ao terraço para se ter uma noção da grandiosidade da cidade.

O The Peak está aberto de segunda a sexta das 10:00 às 23:00 e aos sábados, domingos e feriados das 08:00 às 23:00. A passagem de ida e volta do bonde mais a entrada no terraço custam HK$  83, aproximadamente R$ 34. Clique aqui para maiores informações, em inglês, sobre a atração, horários e valores atualizados.

Mas a área central de Hong Kong não é interessante somente durante o dia. É de noite que toda a agitação de Lan Kwai Fong, o bairro queridinho dos expatriados, não tem hora para terminar. O local conta com mais de 100 bares, restaurantes e boates e vira um verdadeiro carnaval sem hora para terminar. Lan Kwai Fong é tão ocidental que poderia facilmente ser comparada a uma rua de qualquer grande cidade europeia.

No nosso último dia em Hong Kong conhecemos Stanley Beach, um lugar calmo, bem diferente da paisagem cosmopolita do resto da cidade. Situada na parte sul de Hong Kong Island, essa vila parece local de veraneio. As ruas não são abarrotadas como no lado central da ilha e o calçadão a beira mar é super agradável. Dá vontade de passar uma tarde por lá!

No entanto, como Stanley é mais afastada da área central, é necessário pegar um ônibus, já que a linha de metrô não passa por essa parte da ilha.

O calçadão central – Stanley Promenade

Fazendo novas amizades em Hong Kong!

Stanley não estava em nosso roteiro e não teríamos conhecido o lugar se não tivéssemos conhecido Douglas e Alexandra (o casal da foto acima), nossos amigos brasileiros que moram em Hong Kong e foram os nossos guias nos dois últimos dias da viagem. Foram eles que também nos apresentaram ao boêmio Lan Kwai Fong, aquele bairro animado dos estrangeiros.

Hong Kong Island foi a ilha que mais gostamos e ela não se resume apenas ao que descrevemos aqui. Além da ser enorme, para nós, até o fato de ter visto letreiros em cantonês já era uma grande atração, imagine então andar por uma cidade cheia de arranha-céus e com uma quantidade de centros comerciais nunca antes visto!

Veja também:

➡️Dicas úteis sobre Hong Kong

➡️Como ir do aeroporto de Hong Kong ao centro

➡️Hong Kong: a ilha de Lantau e o Grande Buda

➡️ Hong Kong: passeio turístico por Kowloon

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em mais de 100 países! Você recebe o seu chip do O meu chip em casa e viaja conectado. Utilize o cupom  P101P  e tenha 15% de desconto!

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em diversos países – evite filas!

✈️ Compre aqui as suas passagens aéreas e consiga as melhores tarifas e condições de pagamento!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

Ama animais, viagens e gastronomia, sempre tentando conciliar suas três paixões. Andou por mais de 60 países e está sempre programando a próxima viagem. O destino? Depende das promoções de passagens aéreas!

7 Comentários

  1. Adorei o post, vou te seguir no insta também, estamos nas Filipinas no momento e em breve vou usar muitas infos daqui em Hong Kong. Um pena eu já ter feito o booking de hotel antes de ver o site. Fica p Proxima. Abs e obrigada