Azadi Tower em Teerã

Um dia em Teerã: dicas do que fazer na capital do Irã

Teerã, maior cidade e capital do Irã, é uma metrópole de mais de 8 milhões de habitantes, sendo considerada a segunda mais populosa do Oriente Médio. É uma cidade intensa, de trânsito caótico e metrô estupidamente lotado. Um dia em Teerã é pouco para conhecê-la, mas, com uma boa organização, dá para visitar rapidamente alguns dos seus principais pontos turísticos.

Neste post, você verá como foi a forma mais segura que encontramos para ir do aeroporto do centro de Teerã e as atrações que visitamos durante a nossa curta estadia.

Do aeroporto ao centro de Teerã

O principal aeroporto de Teerã – Tehran Imam Khomeini International Airport (IKA) – está localizado a aproximadamente 50km do centro da cidade.

Na sua viagem ao Irã, é bem provável que você entre ou saia do país por esse aeroporto, já que a maior oferta de voos são justamente para a capital.

Nas pesquisas que fizemos antes da viagem, lemos vários relatos de taxistas que davam golpes nos turistas, aproveitando-se do fato de que no país há “duas moedas“: o rial iraniano, que é a moeda oficial, e o toman, que é utilizada por todos. Embora todas as cédulas sejam em rial, basta cortar um zero para entender o que aquele valor representa em toman.

💰Ex: 10000 rial = 1000 toman

Quando for negociar um valor em qualquer lugar, confirme que é em toman, inclusive nos táxis.

Procurando evitar confusão, assim que desembarcamos no aeroporto de Teerã, trocamos alguns euros pela moeda local e procuramos um guichê de táxis oficiais do aeroporto. Pagamos o valor total da corrida ali mesmo e seguimos para o centro sabendo que não teríamos que gastar mais nenhum centavo.

Um dia em Teerã: atrações turísticas da cidade

Por ser muito grande e caótica, ficar pouco tempo em Teerã requer uma organização a mais, já que o deslocamento dentro da cidade pode ser muito demorado, principalmente em horário de pico. Uma das vezes que chegamos à cidade, o metrô estava tão lotado, que tivemos que esperar mais de 30 minutos para conseguir um vagão que coubessem nós dois e nossas duas malas.

Outro fator que pode atrapalhar uma possível visita a atrações turística é algum feriado, quando muitos locais estão fechados. Para se ter uma ideia, não conseguimos conhecer uma cidade chamada Yazd simplesmente porque os ônibus intermunicipais não estavam funcionando durante 3 dias de feriados religiosos no país.

Para facilitar, veja no mapa abaixo algumas das atrações turísticas de Teerã (os pontos vermelhos foram o que conseguimos visitar):

#Golestan Palace

O Palácio de Golestão, que significa Palácio das Flores, faz parte de um grupo de edifícios reais dentro das fortificações históricas de Teerã. O local onde está localizado o palácio é super amplo, contendo jardins, fontes e museus.

O interior é deslumbrante, com diversos objetos da realeza e pinturas, mas duas salas merecem destaque: a Hall of Brilliance e Reception Hall, alas decoradas das paredes ao teto com muito brilho!

A única parte do palácio onde podemos fotografar são as áreas externas, que também não deixam nada a desejar – os mosaicos que adornam o exterior dos edifícios são lindíssimos!

Golestan Palace

Arquitetura do palácio

Mosaicos do Golestan Palace

A riqueza dos mosaicos

A visita ao Golestan Palace é uma oportunidade de entender a arquitetura e cultura da dinastia Qajar, que governou a Pérsia (atualmente o Irã) entre 1785 a 1925, além dos mais de 400 anos de história que envolveram a construção e renovações.

A visita ao local é paga e para termos acesso às suas salas tivemos que usar uma proteção de plástico nos sapatos e fotografias eram proibidas.

#Tehran Grand Bazaar

O antigo mercado histórico de Teerã é uma imensidão com quilômetros de corredores, onde encontramos lojas dos mais variados tipos (roupas, tecidos, tapetes, objetos de decoração, dentre outros), bancos, mesquitas e restaurantes. É um lugar para ir com calma e sem medo de se perder.

Dica: se gostar de algo em determinada loja, aproveite para comprar na hora ou poderá perder a loja de vista e nunca mais encontrá-la, rs!

Tehran Grand Bazaar

Embora o conceito de bazar exista no país desde 4000 anos a.C., esse grande mercado de Teerã é bem mais recente e suas estruturas mais antigas não passam de 400 anos.

Um passeio pelo local é uma boa oportunidade de entrar em contato com o dia a dia dos iranianos e conhecer os produtos locais, já que produtos importados raramente são vistos pelo país.

#Former US Embassy

A antiga embaixada americana em Teerã começou suas operações na década de 50 e foi fechada em 1979, durante a crise diplomática entre o Irã e os Estados Unidos, que resultou no sequestro de 52 norte-americanos, mantidos reféns durante 444 dias por estudantes e militares islâmicos que tomaram a embaixada americana em Teerã como forma de apoiar a Revolução Iraniana.

Se você assistiu ao filme Argo, entenderá bem como se deu essa crise e de que forma os reféns americanos conseguiram fugir do Irã.

O país, até então uma monarquia comandada pelo xá Reza Pahlevi, foi transformada em uma República Islâmica, quando passou a ser comandada pelo aiatolá Khomeini. E continua nessa situação até hoje, só que comandada pelo aiatolá Khamenei.

Passear pelos entornos da embaixada é algo peculiar, pois seus muros estão pintados com mensagens de ódio em relação aos EUA e Israel, algo que descobrimos depois ser apenas uma propaganda do governo e que não reflete, de forma alguma, o que muitos iranianos pensam.

Former US Embassy Tehran

Painel que representa a Estátua da Liberdade no corpo de uma caveira

Muro da embaixada americana em Teerã

Mural que representa uma bandeira norte-americana rasgada, com a estrela de Davi, que representa o Estado de Israel e a Estátua da Liberdade com rosto de caveira

Embaixada Americana em Teerã

Mensagem que diz: “Abaixo os Estados Unidos”

Pessoas que conhecemos durante essa viagem ao Irã chegaram a nos dizer que tudo aquilo que vimos nos muros da embaixada não passa de briga política e que eles, iranianos, não têm nada contra os EUA ou americanos, pelo contrário.

A Revolução Iraniana mudou completamente o cenário político do país, que até hoje sofre fortes embargos e preconceitos vindos do ocidente.

#Azadi Tower

Construída na década de 70 em comemoração aos 2500 anos do Império Persa, a torre tornou-se um dos marcos históricos de Teerã. Inicialmente, seria chamada de Portão Imperial, no entanto, diante das movimentações em prol da Revolução Islâmica, o nome passou a significar Torre da Liberdade.

Com 45 metros de altura e uma arquitetura de chamar a atenção, a Azadi Tower está localizada em uma praça bem conservada que leva o mesmo nome da torre. No seu subsolo, há uma museu, chamado Azadi Museum, contendo diversos artefatos de períodos antes de Cristo.

Azadi Tower

A visita à Azadi Tower não poderia ficar de fora!

Os próximos pontos turísticos listados abaixo estão marcados no mapa na cor azul, pois não conseguimos visitá-los, seja por falta de tempo ou por estarem fechados durante o dia que passamos na cidade.

#National Museum of Iran

O Museu Nacional do Irã é formado por dois complexos: o Museu do Irã Antigo e Museu da Era Islâmica.

O seu acervo contém antiguidades iranianas como vasos de cerâmica, objetos metálicos, pedaços de tecidos antigos, livros e moedas raras.  Os artigos mais antigos desse museu são ferramentas do Período Paleolítico que datam entre 30.000 e 35.000 anos.

#Shahid Motahhari Mosque

Também conhecida como Sepahsalar Mosque (seu nome antigo), é uma das maiores mesquitas do Irã e a maior de Teerã. Ela se distingue das demais pela sua arquitetura que une elementos persas e islâmicos, com oito minaretes distintos decorados ao estilo da dinastia Qajar.

#Sadabaad Palace

Localizado bem distante das atrações anteriores, o complexo do palácio foi habitado pelos monarcas da dinastia Qajar e pelo xá Reza Phalev, tendo sido transformado em museu após a Revolução Islâmica de 1979.

Atualmente, o complexo é operado pela Organização do Patrimônio Cultural do Irã, responsável por cuidar da maioria dos artefatos e aspectos culturais do país.

Hospedagem em Teerã

Quando estávamos planejando a nossa viagem ao Irã, não havia um único hotel cadastrado em sites como Trivago, Booking, Agoda, dentro outros, dificultando muito a organização do roteiro.

Encontramos alguns hotéis no google, tentamos fazer as reservas através dos emails desses hotéis, mas todos os emails voltavam.

Descobrimos que, na semana em que chegaríamos ao país, seriam inaugurados os primeiros hotéis da Rede Accor no Irã e, alguns meses mais tarde, finalmente o Irã passou a fazer parte do Booking!

As opções ainda são poucas e os hotéis são caros, mas pelo menos agora há uma forma de garantir uma reserva em hotel na capital do país.

➡️ Veja aqui a lista de hotéis em Teerã cadastrados no site do Booking.com

Para saber mais sobre o Irã, leia também:

 

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

8 Comentários

  1. O Teerã parece incrível!! ja esta na minha lista rsrs

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »