Carnaval na Bolívia

Carnaval na Bolívia: como é a festa em Santa Cruz de la Sierra e Uyuni

Se a Bolívia é o seu destino no próximo carnaval, você já deve estar se perguntando o que tem para fazer no país durante esse período. O carnaval na Bolívia é muito diferente do carnaval em diversas partes do Brasil, mas mesmo assim os bolivianos não deixam passar essa data em branco.

Carnaval em Santa Cruz de la Sierra

Em Santa Cruz de la Sierra, a maior cidade do país, o comércio praticamente inteiro fecha suas portas e as fachadas das lojas são protegidas com plásticos e tapumes. Isso porque os locais, principalmente os mais jovens, costumam jogar bexigas com tintas ou atirar água colorida com aqueles brinquedos que lançam água.

Comercio fechado no carnaval em Sta Cruz

Embora você seja turista e não participe da brincadeira, tome cuidado com crianças desajuizadas que podem sujar a sua roupa sem que você tenha consentido ou, se vir gente brincando com tinta, saia de perto para não parar no meio de uma batalha de água colorida.

Chegamos à cidade no sábado de carnaval e nos deparamos com ruas do centro vazias, muitas lojas fechadas, pontos turísticos também fechados e poucas opções de entretenimento naquele dia.

Para participar do carnaval mais tradicional, acabamos indo ao Cambodromo, uma espécie de sambódromo onde as “escolas de samba” de Santa Cruz desfilam. É uma mistura de danças que lembram quadrilhas juninas e samba, com alguns carros alegóricos; nada extremamente profissional.

Cambodromo em Santa Cruz de la Sierra

O local é uma avenida cercada de arquibancadas e cadeiras para pagantes, mas é possível assistir às apresentações sem pagar nada desde que fique em pé atrás das cadeiras (foi o que fizemos). São algumas horas de show e área próxima ao cambodromo fica lotada.

Carnaval em Uyuni

No dia seguinte, partimos para a cidade de Uyuni, famosa pelo maior deserto de sal do mundo: o Salar de Uyuni. Uyuni é uma cidade pequena que serve de base apenas para as visitar ao Salar, não sendo muito desenvolvida e sem atrativos no centro da cidade.

A comemoração do carnaval por lá acontece nas ruas, com grupos passando com bandinhas tocando músicas bolivianas, sem muita animação. As crianças e adolescentes, assim como em Santa Cruz, costumam usar jatos para fazer guerra de água colorida.

Carnaval em Uyuni

⚠️ Atenção: A oferta de passeios para o Salar de Uyuni é menor durante o carnaval!

Os turistas que vão ao local, inclusive durante o carnaval, buscam justamente os passeios pelo Salar de Uyuni e aí é que está o problema. Primeiro porque os tours estão cheios por causa da época do ano (época dos espelhos d’água), associado ao período de folga do carnaval, quando muitos turistas têm maior disponibilidade de tempo para ir ao país.

Como se não bastasse a quantidade maior de pessoas buscando os tours pelo Salar, muitos motoristas que trabalham levando turistas ao Salar de Uyuni vão curtir o carnaval e, por isso, a oferta de passeios é bem menor. Nosso objetivo era fazer o tour de 3 dias, mas não encontramos nenhuma agência que fizesse o passeio para essa duração. Depois de rodar muito, encontramos uma que tinha disponibilidade para o tour de 2 dias. Como era a única opção, não tivemos outra escolha a não ser pagar por aquele passeio e garantir que iríamos conhecer o Salar de Uyuni.

Para voltar de Uyuni para Sucre, enfrentamos mais um problema: pouca quantidade de ônibus x grande quantidade de turistas. Queríamos ter ido embora quarta-feira de cinzas de manhã cedo, mas os ônibus estavam lotados e por isso tivemos que esperar o ônibus da tarde. Não foi muito fácil e, depois de uma viagem cheia de perrengues, conseguimos chegar a Sucre tarde da noite.

O que achamos do carnaval na Bolívia?

A celebração do carnaval na Bolívia não é nenhum grande evento para o padrão que os brasileiros estão acostumados. As festas não têm muita graça, o comércio fecha e até passeios turísticos são mais limitados.

É uma época interessante para ir ao Salar de Uyuni por causa da paisagem lindíssima, que só existe na época de chuvas (dezembro a março). Por outro lado, a locomoção dentro da Bolívia não é das mais fáceis, visto que os horários de ônibus e vans são meio loucos – é algo do tipo: “partiremos assim que o veículo lotar”. E com muita gente interessada em ir ao mesmo lugar, pode ser que você não consiga viajar naquele determinado dia ou horário. O jeito é entrar no clima do carnaval e deixar a vida te levar!

Leia também:

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

6 Comentários

  1. Que paradoxo… justamente em um período que muitas pessoas vão ao salar, tem pouco opção para fazer o passeio. Quanto à guerra de bexigas, eu passo! kkkkkk

  2. Gente… que legal! Não conhecia… mas já quero! Não sou de Carnaval, mas adoraria participar dele em outro país, com uma cultura diferente. =)

  3. Não fazia ideia dessa “competição” de bexigas durante o carnaval. É divertido, mas parece ruim para o comércio que tem até que colocar tapumes para cobrir a fachada das lojas. Eu fui para Uyuni em setembro e também tive problema com o transporte. No caso, as estradas estavam bloqueadas e ninguém podia circular. Foi um perrengue sem fim para conseguir voltar para La Paz.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »