Roteiro de um dia em Madri

Vai a Madri e não sabe o que visitar na cidade? Fará apenas uma conexão longa e gostaria de aproveitar um pouco? Montamos um roteiro perfeito para quem tem pouco tempo na cidade e gostaria de visitar as principais atrações! Com esse roteiro de um dia em Madri, você conseguirá ver os locais mais visitados pelos turistas.

Aí vem a pergunta: “Apenas um dia em Madri é suficiente?”

Não, não é suficiente. Recomendamos 3 dias (para fazer uma visita de qualidade, entrando nas principais atrações turísticas) e um dia para fazer o bate e volta a Toledo, uma cidade medieval que fica pertinho da capital.

Por outro lado, se a cidade entrou na sua viagem por acaso ou até mesmo em uma conexão, como foi o caso da nossa última ida a Madri, esse roteirinho de um dia é sucesso! E acredita que fizemos tudo a pé?

⚠️O seguro viagem, com cobertura mínima de 30 mil euros, é obrigatório para entrar na Europa.

Se você também quer fazer o circuito para “atletas”, como a gente aqui, veja no mapa o caminho que percorremos:

Chegamos de manhã no aeroporto de Madri (por volta das 10:00) e pegamos o metrô até a estação Gran Vía, o nosso ponto de partida na longa caminhada que durou o dia todo.

Não sabe como ir do aeroporto ao centro? Veja aqui como é fácil e barato chegar ao centro da cidade de metrô!

Vamos ver o que visitamos em um único dia?

Roteiro de um dia em Madri

1 – Gran Vía

Uma das principais avenidas de Madri, com um comércio intenso com muitas lojas, hotéis e teatros, é conhecida como a Broadway espanhola. Não só a animação do local chama a atenção, como também a arquitetura dos edifícios ao longo da avenida.

Ah, um pequeno detalhe: se você passar pela Gran Vía em um domingo de manhã, vai encontrar uma paisagem totalmente diferente do que está descrito aqui, pois as lojas estão fechadas e não há muita movimentação de pedestres.

Gran Via em Madri

Construções ao longo da Gran Vía e, do lado esquerdo, o edifício Metropolis

A Gran Vía vai da Plaza de España até a Calle de Alcalá. Dentre as construções mais notáveis, encontramos o edifício Metropolis, um prédio lindíssimo inaugurado em 1911. É apenas um edifício comercial, mas sua arquitetura chama a atenção, especialmente durante a noite. Ele está situado na esquina entre Calle de Alcalá e a Gran Vía.

Estações de metrô na região: Gran Vía, Callao, Santo Domingo e Plaza de España

2 – Plaza de Cibeles

Descendo a Gran Vía em direção à Calle de Alcalá, chegaremos a um das praças mais famosas da cidade, localizada no meio da Calle de Alcalá, Paseo del Prado e Paseo de Recoletos. No local, você terá a oportunidade de ver construções icônicas, como o Banco de España, o Palácio Buenavista, o Palacio de Linares e o Palacio de Telecomunicaciones (também chamado de Palacio de Cibeles).

Plaza Cibeles Madri

Destaque para o Palacio de Telecomunicaciones

Fonte de Cibeles Madri

A Fonte de Cibeles

No meio desta praça, encontramos e Fuente de Cibeles, monumento do século XVIII que tem como figura central Cibeles, a deusa grega da fertilidade.

Estação de metrô próxima: Banco de España

3 – Puerta de Alcalá

Seguindo pela Calle de Alcalá, chegaremos à Plaza de la Independencia, onde está situada a porta monumental que foi construída no século de XVIII, a mando do rei Carlos III, para servir como porta de entrada da cidade.

Puerta de Alcala em Madri

A Puerta de Alcalá foi o terceiro local turístico da caminhada que começou na Gran Vía

O nome Alcalá vem da palavra árabe “al-qal’a”, que significa “fortificação”, “cidadela”. Vale lembrar a forte influência moura na Península Ibérica (Portugal, Espanha, Gibraltar e Andorra), onde veremos não apenas nomes, mas também construções características dos povos árabes.

Estação de metrô próxima: Retiro

4 – El Parque del Retiro

Tá aí o lugar que mais gosto em Madri! Nada como uma cidade que tem um parque urbano bem conservado e seguro. Na verdade, insegurança não faz parte do cotidiano da Europa e os parques, em geral, são locais para visitar sem medo.

O El Retiro é um parque bem grande, onde você verá, além do verde, esculturas, fontes, lagos e palácios, assim como várias opções de entretenimento nos finais de semana, especialmente aos domingos. São músicos, atores, palhaços, pintores e outros artistas animando o público enquanto tiram seus sustentos.

Parque do Retiro Madri

A entrada do parque pela Puerta de Alcalá – paisagem durante o inverno

Há também alguns restaurantes e carrinhos vendendo lanches e doces pelo local. O que mais gosto no parque é a área em que está localizada uma grande lagoa, chamada em espanhol de “Estanque Grande del Retiro” onde fica o monumento a Alfonso XII. As pessoas costumam alugar barcos e pedalinhos para aproveitar o lago.

Monumento Alfonso XII Retiro Madri

O Estanque Grande del Retiro

Monumento a Alfonso XII

Visão do outro lado do lago

Outra atração do parque é o Palácio de Cristal, uma estrutura de metal e vidro construída em 1887 para abrigar uma exposição da flora e fauna das Filipinas. Se você não sabe, as Filipinas foram colônias espanholas aproximadamente na mesma época em que os portugueses chegaram aqui ao Brasil. Por isso, deram ao arquipélago (o país asiático é composto de várias ilhas) o nome de Filipinas em homenagem ao rei Filipe II da Espanha.

Palacio de Cristal del Retiro

O Palácio de Cristal. Lindo, né?

Dentro do Palacio de Cristal

Dentro do Palácio de Cristal

Após 3 idas ao Parque do Retiro, finalmente resolvi entrar no Palácio de Cristal (a entrada é gratuita), mas não vi muita coisa lá dentro, apenas uma exposição com ossos pendurados.

Estações de metrô na região do parque: Retiro e Ibiza

5 – Museo Reina Sofía

Um dos museus de arte moderna mais importante do país, o Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia abriga uma coleção permanente com obras de grandes artistas espanhóis do século XX, principalmente Picasso, Dalí e Miró. É um museu amplo, com mais de um andar e que requer pelo menos uma hora para ser percorrido. Claro que se a pessoa gosta e entende de arte, passará mais tempo.

A última vez que estive em Madri já era a minha terceira vez na cidade e nunca tinha visitado nenhum museu da capital. Os museus mais famosos de Madri são o Museu do Prado e o Reina Sofia. Com pouco tempo, teria que escolher qual visitar naquela curta conexão. Claro que com o tempo controlado, sabia de antemão que mesmo assim teria que escolher o que ver por lá.

Por este motivo que escolhi o Reina Sofia, pois a obra que mais tinha vontade de ver era “Guernica“, o painel pintado por Pablo Picasso em 1937 que retrata o bombardeio nazista ocorrido na cidade de Guernica, na Espanha, durante a Guerra Civil Espanhola. A obra busca expressar o sentimento contra a barbarie e terror da guerra.

É uma pintura imensa, que toma praticamente uma parede inteira. Só para se ter ideia, o quadro mede 349,3 × 776 ,6 cm.

Embora seja proibido fotografá-la, muitas pessoas conseguem cliques feitos a partir das salas ao lado. Eu preferi usar o meu pouco tempo apenas para apreciá-la, sem fotos e sem vídeos, só eu e ela!

Estação de metrô próxima: Atocha

6 – Puerta del Sol

Essa praça movimentada de Madri é ponto de passagem não só de turistas como dos madrilenhos. Local de comércio intenso, a Puerta del Sol marca o quilômetro zero das estradas da Espanha desde 1950. Dentre as atrações da praça encontramos a Real Casa de Correos, que é o edifício mais antigo do local e abriga uma torre com um relógio que faz a contagem do ano novo.

Outro ponto de parada dos turistas é estátua do urso com o medronheiro, uma árvore típica da região mediterrânea da Europa. Dez entre dez turistas fazem questão de tirar uma foto ao lado da  “Estatua del Oso y el Madroño”. Tivemos até que pegar uma filinha para conseguir essa foto aí!

Puerta del Sol Madri

O famoso “Oso y el Madroño”

Dica: caso você seja uma pessoa que adora ficar conectada, aproveite o wifi aberto da loja da apple (edifício do lado direito da foto).

Estação de metrô próxima: Sol

7 – Plaza Mayor

Saindo da Puerta del Sol pela Calle Mayor, chegaremos às proximidades da praça que acho a mais bonita de Madri: a Plaza Mayor. Essa praça retangular construída no século XVI é cercada de edifícios residenciais de três andares, todos com varandas voltadas para a praça. Grande parte dos edifício são da mesma cor, sendo que a Casa de la Panadería (uma casa cultural) tem uma fachada diferente, com duas torres e pinturas na fachada.

Plaza Mayor Madri

A Casa de la Panadería, uma das fachadas que compõe a Plaza Mayor

É um lugar agradável para ir no final da tarde e aproveitar para comer em algo típico, seja tapas (aperitivos) ou bocadillos, que são sanduíches super baratos e muito típico. Gastei um pouco menos de 5 euros em um bocadillo de chouriço frito com um copo de refrigerante (pode ser também um copo de cerveja). Vi locais que vendiam bocadillos até mais baratos, mas resolvi ir ao Cafe Los Arcos porque a movimentação na porta era maior e cheguei à conclusão de que se estava cheio, deveria ser um dos melhores rss

Cafe de Los Arcos Madri Plaza Mayor

Embora seja pão com o recheio da escolha (tinha também de lula), a comida é farta e me alimentou bem. Entretanto, não sou parâmetro para muita coisa, pois fico satisfeita com pouca comida. De qualquer forma é barato e, se não matar a sua fome, você pode tentar de um outro sabor.

Falei super bem da Plaza Mayor, pois realmente é aquele lugar que todos que vão a Madri devem passar para conferir. Contudo, fiquei decepcionada com o local na minha última visita à cidade, no mês de dezembro, pois as barracas de natal tomavam toda a praça. Se as barracas fossem bonitas, eu seria a primeira a elogiar, mas eram feias, incompatíveis com a Plaza Mayor. Tão feias que eu nem tirei foto.

Se quiser saber mais como são os mercados de Natal na Europa, temos esse post com fotos das feirinhas de Natal que visitamos em vários países.

Estação de metrô próxima: Sol

8 – Palacio Real de Madrid

Lembra que falei da Calle Mayor, a rua que conectava a Puerta del Sol com as cercanias da Plaza Mayor? Se você voltar pra ela, vai chegar até o Palácio Real, a última atração por onde passamos na nossa curta conexão.

Essa é a residência oficial do rei da Espanha (sim, o país é uma monarquia), mas o grande monarca não mora aí não. O edifício é utilizado apenas para eventos importantes.

Madri Palacio Real

O monumento a Filipe IV, que fica na Plaza de Oriente, na frente Palácio Real de Madrid

Palacio Real Madri

A fachada do Palácio Real de Madri

O local está aberto para visitação turística nos seguintes horários:

Segunda a sábado – das 09:00 às 17:00

Domingos e feriados – das 09:00 às 14:00

Não conseguimos entrar no palácio não só pelo pouco tempo, mas porque chegamos lá no final da tarde de um domingo e já estava fechado.

Estação de metrô próxima: Opera

Tá vendo que, com disposição, conseguimos fazer muita coisa durante a conexão em Madri? Pegamos metrô apenas duas vezes: para ir do aeroporto até a estação Gran Vía e da estação Opera (que fica na frente do Palácio Real) para o aeroporto. O resto foi tudo a pé! Sim, foi corrido, mas foi bem proveitoso!

Se vai passar mais de 6 horas na cidade, vale a pena ir ao centro para dar uma passeio rápido. Só para você ter uma ideia, esse percurso foi feito na nossa conexão de 9 horas 😉

Gostou da sugestão de roteiro de um dia em Madri? Deixe um comentário abaixo!

Veja também:
Organize sua viagem com a gente:

🏥 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

🏢 Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

📱Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

🚘 Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

💵 Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

17 Comentários

  1. REalmente, apenas um dia em MAdri é muito poucooo!! Ano passado fui e fiquei uma semana, e ainda quero mais! rsrs.. Amo o parque El retiro. Um must go na cidade! Madri é linda!

  2. Tb acho 1 dia pouco pq a cidade tem que ser curtida com calma, mas esse roteirinho tá bem bom mesmo!

  3. Ai que vontade de conhecer!!!

  4. Curti e aprovei o roteiro. Ele é bem denso mas dá para sentir um ar de Madrid! Amo a capital espanhola, e concordo com você: pelo menos 3 dias, mas não iria a Toledo (ui como não gostei!), aproveitaria uma noitada na capital e no dia seguinte dormiria um pouco mais, ou Segóvia 🙂
    Abraços

    • Realmente é muita coisa para visitar em apenas um dia, mas é só uma sugestão para quem não pode ficar mais na cidade. Com certeza Madri merece mais dias 😉 Eu gostei de Toledo, tanto que já fui 2 vezes lá: em 2000 e em 2008.
      Ainda preciso conhecer Segóvia!
      Beijos

  5. Ah, qta saudade! Faz tanto tempo que fui, mas lendo esse post vi que guardo ótimas recordações de lá. Ô cidade interessante!

  6. Seria uma lástima passar só um dia ou algumas horas em Madri. Cidade linda e com muita coisa para fazer. Adorei reviver minha visita com o seu post! Vale muito a dica para quem quiser fazer um passeio por lá, mesmo que rápido! Deu saudades!

  7. Foi um dia bem preenchido! Da próxima vez que tiver conexão em Madrid, acho que vou aproveitar e sair do aeroporto 🙂

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »