Viajando dentro de Myanmar

Viajando dentro de Myanmar

Myanmar, antiga Birmânia, virou um destino fácil para os turistas que estão viajando pelo Sudeste Asiático, pois empresas aéreas de baixo custo fazem voos constantes para o país. O maior problema que enfrentamos foi escolher a melhor forma de se locomover dentro do país.

Como passamos apenas um dia em Yangon, dois em Bagan e outros dois em Mandalay, optamos por viajar dentro do país de avião, que era a forma mais rápida de chegar nos locais (apesar de bem mais cara) e ainda tinha a vantagem de não ficarmos muito cansados em uma viagem ao país que duraria tão pouco tempo. É possível também viajar de ônibus por lá (bem mais econômico).

Fizemos nosso roteiro da seguinte forma:

– voo 1 de Bangkok para Yangon pela AirAsia

– voo 2 de Yangon para Bagan pela Asian Wings Airways

– voo 3 de Bagan para Mandalay pela Air Bagan

– voo 4 de Mandalay para Phuket pela AirAsia

Vamos então contar aqui como fizemos para viajar dentro do país (voos 2 e 3).

#Compra das passagens

Como não encontramos nenhuma empresa aérea por onde pudéssemos comprar antecipadamente as passagens com os nossos cartões de crédito, seguimos o conselho de uma amiga que já havia viajado pelo país e resolvemos comprar as passagens aéreas por intermédio de uma agência de viagens de Myanmar, agência essa indicada pela nossa amiga.

Dessa forma, entramos em contato com a Seven Diamond Express Travels. Para agilizar, enviamos um email para: [email protected], pedindo informações sobre os voos internos e no dia seguinte recebemos uma resposta de uma senhora chamada Mar Swe (foi a pessoa que minha amiga havia indicado). Ela informou quais eram os horários dos voos e valores. Confirmamos tudo por email e marcamos de pagar pelas passagens assim que chegássemos a Yangon (local onde fica a agência), pois pagaríamos com cartão de crédito. Era possível também pegar as passagens no aeroporto, com um acréscimo de U$ 10, mas preferimos ir até a agência.

O nosso voo que saiu de Bangkok para Yangon chegou bem cedo e resolvemos pegar as passagens logo de manhã para depois começarmos os passeios. Com o endereço em mãos, chamamos um táxi (algo MUITO barato em Myanmar) e fomos buscar as passagens na agência.

Endereço e horário da Seven Diamond:

No.99(D) 3rd Floor, Corner of Uwizeya Road and Damazedi Road (na frente do CB Bank)
Horário de atendimento: 09:30 até 17:30 (segunda a sexta) e 09:30  até 15:00 (sábado e domingo)
Telefone: (+951)-500712,500719
Celular : (+959) – 73126003

Pagamos os seguintes valores (em dólares americanos – dez/2014):

voo 2 – U$118 por pessoa

voo 3 – U$64 por pessoa

Pagamos ainda uma taxa de 6% por comprar com cartão de crédito e recebemos as passagens em papel (da mesma forma que as passagens eram emitidas antigamente, sem código localizador).

Mar Swe informou ainda que os horários de saída dos voos podem mudar e que por isso recomendava que a gente chegasse com 2 horas de antecedência, pois os voos poderiam sair antes do horário!!

# Voo 2: Yangon – Bagan

Seguindo a recomendação, chegamos bem cedo ao aeroporto. Apresentamos as nossas passagens e passaportes no balcão da Asian Wings Airways e, para a nossa surpresa, disseram que não precisavam dos nossos documentos. Como assim??? A gente estava voando de uma cidade para a outra e nem verificaram os nossos documentos! Colocaram um adesivo em nossas camisas e pronto! Os adesivos são as passagens e somente com eles que podemos embarcar.

Passagens da Asian

Passagens da Asian

Check in Asian

Observe que no balcão tem um monte de adesivos amarelos no lado direito. Agora olhe a minha blusa!

Entramos na sala de embarque para aguardar a partida e notamos que os embarques eram meio caóticos. A chamada para embarcar é no grito e os passageiros se amontoam no pequeno espaço. Para não correr o risco de perder o voo, procuramos todos aqueles que estavam com os adesivos amarelos iguais ao nosso e deu tudo certo!

A aeronave é pequena, com duas fileiras de dois lugares. As poltronas são apertadas (aí vem a minha sorte de ser pequena, pois pra mim estava tudo ótimo!) e vi algumas pessoas mais altas que estavam um pouco apertadas nas poltronas. A viagem durou aproximadamente 45 minutos e até teve um lanchinho!

Embarque de madrugada e café da manhã

Chegamos ainda cedo a Bagan e o trajeto até a sala de desembarque é feito de ônibus, apesar de curtíssima distância. Os funcionários do aeroporto carregam as malas até o desembarque e cada um pega a sua (não há esteira).

Aeroporto de Bagan

Aeroporto de Bagan

Assim como no embarque em Yangon, a chegada a Bagan também foi um pouco confusa, com muita gente no mesmo espaço e pouca tecnologia já emissão de passagens, check in e retirada de bagagem ainda são feitas de forma manual, ou seja, é tudo na mão mesmo! Nada é computadorizado.

Obs: ficamos sabendo que atualmente que a Asian Wings vende passagens dos trechos internos pela internet!

#Voo 3: Bagan – Mandalay

Da mesma forma que fizemos no primeiro voo em Yangon, também chegamos com antecedência no aeroporto de Bagan para o nosso voo de manhã cedo (detalhe que era dia 1 de janeiro de 2015, ou seja, não muito tempo depois da festa de virada do ano!). O embarque foi lento, pois o check in é feito manualmente (o atendente faz todo o procedimento em uma folha de papel, já que computador nem existe no balcão de embarque!).

Viajamos pela empresa Air Bagan e o procedimento foi igual ao voo2: adesivo na camisa, não precisa entregar documento, embarque um pouco tumultuado e aeronave no mesmo modelo de duas fileiras com dois lugares em cada. A única diferença foi o tempo de viagem, já que o trajeto Bagan – Mandalay foi ainda mais rápido!

Sem dúvidas que ter feito a viagem interna pelo país de avião saiu muito mais dispendiosa que se optássemos pelas viagens de ônibus. Por outro lado, a viagem foi muito mais rápida e nem um pouco cansativa, ponto positivo que foi determinante para aproveitamento total do passeio.

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

6 Comentários

  1. cleiton

    Gaby, Já é possível comprar os bilhetes dos vôos internos pela internet na Asian Wings.

    Cleiton

  2. Hahahaha ri alto com a história do adesivo. Se fosse antes de ir pra China eu ficaria chocada, mas agora já estou blindada! Rsrs

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »