Um dia em Bruges

Quando estivemos em Bruxelas, a nossa amiga belga sugeriu que fôssemos passar um dia em Bruges com ela e a família. Já tinha ouvido falar muito da cidade, até mais que da capital, e unimos a vontade de visitar aquele lugar ao convite feito por nossa amiga. Pois bem, como nosso hotel era grudado na estação de trem de Bruxelas, compramos as passagens de trem para Bruges no dia anterior (pagamos 10€ ida e volta para cada). No dia seguinte de manhã, pegamos um trem em Bruxelas e, em uma horinha, estávamos em Bruges!

Assim que saímos da estação de trem, atravessamos a rua e andamos poucos metros, percebi o porquê de nossa amiga fazer questão de nos apresentar aquele local: era uma cidade de contos de fadas! Bruges é cheia de canais e por isso é conhecida como a Veneza do norte. Na minha opinião, a cidade se parece muito com Amsterdã (não só por causa dos canais como também a arquitetura), só que em miniatura.

⚠️O seguro viagem, com cobertura mínima de 30 mil euros, é obrigatório para entrar na Europa.

Isso é só o começo!

Isso é só o começo!

Para ser sincera, não soubemos antes da possibilidade de visitar Bruges, não pesquisamos nada sobre a cidade, não tínhamos nenhum guia em mãos e nos deixamos ser guiados por autênticos belgas! Ou seja, a cada passo que dávamos tudo era novidade.

Nossos amigos belgas foram excelentes guias!

Nossos amigos belgas foram excelentes guias!

A cidade é pequena e muito charmosa! Assim que atravessamos a primeira ponte e viramos à direita, avistamos a torre de pólvora, uma torre medieval que servia como defesa da cidade. Ela está situada bem em cima de outra ponte que leva ao centro da cidade.

A torre de pólvora

A torre de pólvora

Aos poucos, passamos por pontes e os lindos canais que nos fizeram lembrar a capital da Holanda. Realmente a cidade é muito romântica! Andar pelas ruas de Bruges já é um grande programa, parece que você está andando em uma tela de um quadro, e vale a pena fazer esse passeio nem que seja como um bate volta (que foi o que fizemos).

Você verá pelas fotos abaixo o quão diferente é a arquitetura da cidade, com lindas construções medievais e diversos canais que chamam a atenção até mesmo dos turistas europeus. Nossos amigos belgas são encantados com essa cidade!

As primeiras imagens de canais

As primeiras imagens de canais

Que arquitetura é essa?!?

Que arquitetura é essa?!? LINDA, né?

Precisa de legenda?

Precisa de legenda?

A história da cidade remonta à Idade Média e o centro histórico de Bruges é Patrimônio Mundial da Unesco. Boa parte da cidade é reservada a pedestres e não há a mínima necessidade de usar carro, já que todo o local pode ser percorrido a pé ou de barco.

O melhor de tudo é se deixar perder pelas ruas de Bruges, pois tudo é novidade e a cada esquina conseguimos nos surpreender com tanta beleza!

Ruas da cidade

Ande sem compromisso pelas ruas da cidade

Não tem como não se apaixonar!

Não tem como não se apaixonar!

Passamos por casas da comunidade de mulheres semi-monásticas, conhecidas como Beguines, que têm como característica não fazer nenhum voto religioso formal e a não reclusão.

Casas da comunidade monástica: Béguinage

Casas da comunidade monástica: Béguinage

A Igreja de Nossa Senhora, conhecida como Church of our Lady, é uma construção dos séculos XXI, XIV e XV, sendo a sua torre a construção mais alta da cidade e a segunda torre de tijolos mais alta do mundo! Dentro da igreja há uma figura de mármore da virgem Maria com o menino Jesus (conhecida como Madonna de Bruges). Detalhe: essa escultura foi feita por nada mais nada menos que Michelangelo!!!!!

A Church of our Lady com sua torre de tijolos

A Church of our Lady com sua torre de tijolos

A arte em rendas é outra coisa bem típica de Bruges. Nossa amiga nos explicou que as rendas são características da cidade e vimos muitas casas vendendo paninhos com a arte. Até compramos um ímã de geladeira de um gatinho feito de renda!

Para quem achava que a a renda bordada à mão era privilégio do nordeste do Brasil, saiba que a arte está presente por muitas partes de Bruges. Além dos vários artigos encontrados na lojinhas de souvenirs, passamos por uma mapa da cidade todo feito de renda. É a coisa mais fofa!

Rendas de Bruges

Uma parte do mapa com os pontos turísticos da cidade destacados

Bem no coração do centro histórico de Bruges fica a praça mais famosa da cidade, a praça do mercado (Markt) que é onde o grande contingente turístico se concentra. Lá, como em toda parte da cidade, há prédios lindíssimos, com a arquitetura bem diferente, como vocês já devem ter observado nas fotos acima.

É nessa praça que está situado um dos cartões postais da cidade, a torre do sino, chamada de Belfry of Bruges, que também é patrimônio da Unesco.  É possível ainda passar pelo portal da construção e ver a torre de uma área que fica do lado de dentro do prédio e até subir na torre.

O prédio da prefeitura da cidade também é outro ponto turístico. A construção em estilo neogótico do século XIX é cheia de detalhes e não tem como passar pelo local sem notar o imponente prédio.

A torre do sino, do lado esquerdo, e a prefeitura, do lado direito

A torre do sino, do lado esquerdo, e a prefeitura, do lado direito

No dia em que visitamos a cidade, a praça do mercado parecia a minha cidade (Salvador-Ba) no carnaval. Não sabemos o motivo de tanta gente em tão pouco metro quadrado, mas a cidade estava animada! Em alguns lugares mal dava para andar.

Praca do Mercado Bruges

As construções que decoram a praça do mercado

Estava exagerando quando disse que a quantidade de gente parecia a do carnaval da Bahia?

Estava exagerando quando disse que a quantidade de gente parecia a do carnaval da Bahia?

Sobre a parte gastronômica, a Bélgica tem a fama de ser a terra das batatas fritas, chocolates e waffles. Experimentamos todas essas gostosuras e aprovamos!! As batatas realmente são diferentes das que consumimos no Brasil, as da Bélgica são melhores mesmo!

Falando dos chocolates, experimentamos várias marcas, mas a que eu mais gostei foram os mini tablets da marca Leonidas. Os chocolates das marcas Côte d’Or e Galler também são bem típicos e muito bons! Fabrício, chocólatra que é, gosta de todos os chocolates do mundo e não sei se ele tem alguma preferência entre essas marcas.

As vitrines abrem o apetite!

As vitrines abrem o apetite!

Chocolates em Bruges

Até quem não é apaixonado por chocolate se rende!

Descobrimos que não é só de chocolate que os belgas são bons! Passamos por lojas de doces que vendem balas, pirulitos, torrones e várias outras espécies de doces.  Apesar de gostar mais de salgados que dos doces, não posso mentir que fiquei animada com essas lojinhas, principalmente pelo cuidado com que as vitrines são arrumadas. É de dar água na boca!

O mais legal foi que em uma das lojas que visitamos pudemos ver como os doces são feitos. Os candy makers trabalham com as guloseimas, mostrando ser verdadeiros artistas.

Balas em Bruges

Vitrine nada calórica!

Fazendo doce em Bruges

Os caras fazendo aquela bala listrada na nossa frente. É superinteressante!

Saindo um pouco dos doces, fomos almoçar em um restaurante recomendado pelos nossos amigos. O restaurante se chama Old Bruges e é bem charmosinho.

Procurando conhecer a comida típica, Fabrício pediu um prato chamado Stoofvlees, que é uma espécie de carne cozida com molho de cebola, cerveja, mostarda e outros ingredientes. É um prato tipicamente belga. Ele adorou a comida! Eu não inovei e acabei pedindo talharim com molho de frutos do mar, que também estava bom, mas que não é um prato da culinária local.

Stoofvlees

Stoofvlees: prato genuinamente belga 

Passamos um dia intenso em Bruges e conseguimos aproveitar muito o que a cidade tem a oferecer. Por não ter sido uma viagem planejada, não pudemos dormir uma noite por lá, mas voltamos para Bruxelas quando já estava escuro.

Como foi aquele tipo de passeio de última hora, todos os locais eram novidades e as descobertas aconteciam à medida que dávamos cada passo. Bruges é realmente imperdível!

Leia também:

Organize sua viagem com a gente:

🏢 Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

🏥 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades.

📱Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

🚘 Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

💵 Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

8 Comentários

  1. Sonia Moreira

    Mais uma pergunta….rsrs
    Irei para Brugges de navio, você sabe me dizer se lá no porto tem excursões com preço melhor que o navio??

  2. Sonia Moreira

    Gabriela, não entendi sobre o chip para celular. Você poderia me explicar melhor?
    Obrigada
    Sonia Moreira

  3. Gabriela Moniz

    Alguns países exigem sim que a gente tenha o seguro saúde porém, nunca me pediram para comprovar. É aquela coisa: podem nem te perguntar nada e deixar passar. E se te pedirem para ver o seguro saúde e você não tiver? Eles podem usar esse argumento para te deportarem. Em caso de dúvidas, estamos aqui 😉

  4. Alana Lígia

    Gabriela é obrigatorio fazer esse seguro saude?!!!

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »