Um dia em Punta del Este

Quando estivemos em Montevidéu, também nos programamos para conhecer a cidade balneária de Punta del Este. Pesquisando em vários sites, vimos que era possível fazer um bate e volta até Punta e ficamos muito animados com essa possibilidade!

Tínhamos algumas opções: contratar um tour através de uma das agências que fazem esse passeio, ir de ônibus ou alugar um carro. Não queríamos fazer o passeio com a agência porque não curtimos viagens em excursão; também não quisemos ir de ônibus porque os horários não eram os melhores. A alternativa mais viável foi alugar um carro.

Roteiro de um dia em Punta del Este

#Aluguel de carro

Decidimos que iríamos alugar um carro, mas deixamos para resolver qual seria a empresa quando chegássemos ao aeroporto da capital uruguaia. Detalhe: chegamos no feriado prolongado e simplesmente não havia carro para alugar em nenhuma das empresas do aeroporto.

Ainda no hotel em Montevidéu, depois de muito perguntar aos recepcionistas, eles conseguiram entrar em contato com a empresa GOL Rent a Car, que, felizmente, resolveu o nosso problema. O carro disponível era um Corsa Classic, antigo, sem ar condicionado, mas era o que tinha. Cobraram U$ 60 a diária, um pouco mais alta do que eu havia pesquisado, mas não tínhamos escolha. Assim que pegamos o carro, o funcionário da locadora nos alertou que sempre devemos deixar os faróis acessos, mesmo de dia. Segundo ele, trafegar com faróis apagados é infração de trânsito.

Estrada entre Montevidéu e Punta del Este: bem conservada e sinalizada

Estrada entre Montevidéu e Punta del Este: bem conservada e sinalizada

O charmoso balneário de Punta del Este está localizado a 134 km de Montevidéu e a estrada, partindo da capital, é muito boa. Desde o asfalto impecável até a sinalização, nada lembra as nossas péssimas estradas brasileiras. Há também dois pedágios com tarifas de 45 pesos uruguaios – aproximadamente R$ 4,90 (valores em 2013).

Para não passar pelo mesmo sufoco que a gente, recomendamos que alugue o seu carro com antecedência. Veja as melhores opções para o seu bolso com a Rentcars.

#Casapueblo

Antes de chegar a Punta del Este, já podemos visitar a primeira grande atração – a Casapueblo, localizada na península de Punta Ballena, a aproximadamente 15 km do centro de Punta. Tanto Punta Ballena quanto Punta del Este fazem parte do departamento (estado) de Maldonado.

Antes ou depois de visitar a famosa casa, vale a pena ir até a pontinha da península, porque a vista é imperdível. A paisagem das águas do Rio da Prata batendo nas pedras serve como um bom pano de fundo para lindas fotos. A distância entre a ponta da península e a Casapueblo não é grande e pode ser percorrida a pé.

Antes da entrada da casa, uma pequena construção branca, que é apenas para dar boas vindas aos visitantes, já traz um pouco do estilo arquitetônico que se verá adiante.

A pontinha da península de Punta Ballena

A pontinha da península de Punta Ballena

Chegada à Casapueblo

Chegada à Casapueblo

A Casapueblo é a antiga casa de verão do artista uruguaio Carlos Páez Vilaró, construída por ele mesmo, e hoje funciona como uma galeria de arte/museu, que expõe as obras do artista. O local abriga ainda um hotel e a vista é sensacional.

Casapueblo

Casapueblo: uma das atrações mais visitadas do Uruguai!

Vista do lado de dentro da Casapueblo

Vista do lado de dentro da Casapueblo

O interessante dessa atração é que tudo combina, a vista que se tem do local é espetacular, com o Rio da Prata compondo a paisagem, e a própria construção em si que já é uma obra de arte. O branco que reveste toda a casa dá um ar de “ilha grega” e ao mesmo tempo uma sensação de paz. Não pude contemplar o pôr do sol no local, mas soube que é sensacional.

Além de conhecer as obras do artista uruguaio, há um bar e restaurante dentro da casa, com direito à vista para o rio, e uma lojinha que vende diversos objetos assinados por Carlos Páez Vilaró.

A Casapueblo está aberta todos os dias das 10 às 18 e a entrada custa U$8 (230 pesos uruguaios).

#Conrad: resort e cassino

O Hotel Conrad é o mais famoso da cidade e abriga ainda o célebre cassino, frequentado pela alta sociedade uruguaia e brasileira. Não precisa dizer que as tarifas são um tanto salgadas e o que se vê é luxo puro.

Os turistas podem visitar o cassino sem custo algum, mas, como todos os cassinos, há um grande público de fumantes e terceira idade. Como jogos não são o meu forte, entrei para ver como era e não passei muito tempo no local.

O famoso Hotel Conrad

O famoso Hotel Conrad

Por fazer parte da rota turística, é aquele local para só dar uma olhada ou, se você é chegado em cassinos, poderá se divertir mais.

#Rambla

Rambla é o termo em espanhol que se refere a uma avenida larga e com grande movimentação de pedestres. A Rambla de Punta é um local muito aprazível para fazer uma caminhada, com passeios em estrutura de madeira.

A orla de Punta é muito agradável, com prédios e casas luxuosos de um lado, e o rio do outro. Vimos até apartamentos com piscinas nas varandas!

A charmosa Rambla de Punta del Este

A charmosa Rambla de Punta del Este

Há um porto onde estão atracados desde pequenas lanchas até embarcações mais luxuosas. A cidade em si é muito limpa, segura e organizada, e há avenidas repletas de mansões, que chegam a cansar os olhos de tanta riqueza. Você avista a primeira e pensa, que linda! Mas aí vem a segunda, terceira, quarta, etc…

#Monumento Los Dedos

O Monumento aos Afogados, conhecido como Los Dedos, é uma escultura de uma mão parcialmente enterrada, na qual aparecem os cinco dedos.

 Construída em 1982 pelo artista chileno Mario Irarrázabal, é o maior cartão postal da cidade e está constantemente lotada de turistas. Em um dia quente e ensolarado, em pleno feriado, não consegui tirar nenhuma foto do monumentos sem alguém por perto.

Tentando uma foto mais longe

Tentando uma foto mais longe

Punta del Este Uruguai Los Dedos

Sempre cheio de turistas!

A Praia Brava, local onde está situado o monumento

A Praia Brava, local onde está situado o monumento

Este monumento está localizado na Playa Brava, banhada pelo Oceano Atlântico e por isso suas águas são bem mais claras que as praias banhadas pelo Rio da Prata. Mas não se engane: a água é GELADA!!!

#Centro de Punta

O centro de Punta del Este é repletos de lojas, bares e restaurantes. Há desde lanchonetes mais simples até restaurantes luxuosos. Como fomos próximo ao verão, a cidade estava muito cheia e o centro estava borbulhando de gente.

Como o centro é pequeno, é possível conhecer tudo a pé. Há muitas e muitas lojas, que vendem de tudo, mas com preços lá em cima. O lugar mais em conta para comprar lembranças e artesanatos locais é a feirinha de artesanato, que expõe artesanato local, e podemos encontrar artistas pintado quadros e outros confeccionando os produtos que são vendidos no próprio local.

Centro Punta del Este

A feirinha de artesanatos do centro de Punta del Este

Punta del Este Centro

Praça no centro de Punta

Encontramos ímãs de geladeira, quadros, plaquinhas, bijuterias,  bolsas, calçados, roupas, inclusive muita coisa feita em couro. É um lugar um pouco mais simples que as outras lojinhas, mas, comparando os preços dos produtos, saiu o melhor custo benefício.

#Chivitos Uruguaios

Se para os baianos o acarajé é o que há de mais típico da culinária baiana, no Uruguai, o chivito é o sanduba que é a cara do país!

Se for feita uma busca na internet das comidas típicas do país, encontraremos a carne, que eu acho que é a melhor do mundo, o doce de leite – sem palavras, e os chivitos. Esse sanduíche, que nós brasileiros poderíamos chamar de um x-tudo, é recheado com tiras de carne, queijo, bacon, presunto, ovo, maionese, tomate, azeitona e alface (esses foram os ingredientes que eu consegui identificar).

Os chivitos são típicos do Uruguai

Os chivitos são típicos do Uruguai

O prato é muito bem servido e veio acompanhado de uma porção de batatas fritas. Realmente é uma refeição completa!

Escolhemos, por indicação de uma amiga, o restaurante Don Peperone, que é um ambiente moderno e muito agradável. Como eu já havia experimentado a carne em Montevidéu, resolvi conhecer o chivito, que é um sanduíche gostoso, porém o valor é um pouco alto. Pagamos por dois chivitos e duas cocas algo em torno de R$ 100. Extremamente caro para um sanduba, concorda?

Acho que, se voltar a Punta, arriscarei novamente na carne uruguaia, pois agora sei que, mesmo pagando um pouco caro, a carne do país é diferente de qualquer uma encontrada no Brasil, e confesso que até mesmo mais gostosa que a carne argentina.

Organize sua viagem com a gente:

🏢 Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

🏥 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades.

📱Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

🚘 Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

💵 Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

Organize sua viagem com a gente:

 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades – utilize o cupom de desconto exclusivo para leitores do blog! Digite: PROJETO1015 ao final da contratação.

Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

Compre ingressos para passeios e atrações turísticas em mais de 20 países – evite filas e ganhe descontos!

Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente

9 Comentários

  1. Jessyca Fernandes

    Olá! Estou querendo ir em novembro
    Para punta del este. Você foi em
    Que mês? Estava frio? As baladas funcionam no mês de novembro? Obrigada

    • Olá, Jessyca!
      Nós fomos justamente no mês de novembro (no feriado de 2 de novembro) e estava muito quente tanto em Montevidéu quanto em Punta. Só não sei te informar sobre festas porque não fui a nenhuma, mas acredito que elas devem estar a todo vapor em dezembro.
      Beijos

  2. Gabriela Moniz

    Olá, Thaís!! Uma grande amiga tinha me falado do pôr do sol maravilhoso na Casapueblo e fiquei super com vontade de ficar mais tempo. Só que não conseguimos encaixar o final de tarde na nossa programação, já que não queríamos pegar estrada de noite na volta a Montevidéu. Fica pra próxima! Valeu 🙂
    Bjsss

  3. Thaís Towersey

    Oi Gabi,
    Punta é o máximo, né?
    A dica é saber quando o sol vai se por (depende da época do ano) e vistar a Casa Pueblo nesse horário. Eles fazem uma "oração" ao sol que é de chorar! Fora a vista!

    Adorei o post!
    Beijão

  4. Caroll Moniz

    Concordo em relação a carne é tão macia que podemos cortá-la com a lateral do garfo sem utilizar faca uma suculência bem peculiar!!! Amei essa cidade e Gabi em relação aos preços quando eu fui achei barato casaco de couro e utensílios de decoração!!! E também amei a cerveja de lá!!!!

  5. Gabriela Moniz

    Olá Rafa, tudo bem?
    O bate e volta MVD – Punta é super tranquilo e a estrada é muito boa. Voltamos no início da noite mas, como era horário de verão, começou a escurecer quando estávamos chegando em MVD. Pelas boas condições da estrada, acredito que seja seguro voltar mesmo durante a noite.

  6. Estou pensando em fazer o bate e volta de um dia a Punta de Leste tambem, voces voltaram para Montevideo em que horario? É tranquilo pegar a estrada voltando a noite para que possamos ver o por do sol de Punta que é tao bem falado? Obrigada!

  7. Gabriela Moniz

    Que pena, Fernanda 🙁
    Punta é muito viva, principalmente no verão. Eu quero conhecer Colonia na próxima vez que eu for ao Uruguai.

  8. Fiz um cruzeiro até Bueno Aires um tempo atrás mas no dia que a gente desceria em Punta del Este, o capitão do navio cancelou o desembarque pq o mar estava muito agitado e não consegui voltar ao Uruguai ainda…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »