Documentação para viajar ao Peru de carro

Depois de falarmos sobre o nosso roteiro da viagem pelo Peru de carro, agora vamos explicar qual é a documentação necessária para passar pela fronteira sem sufoco. Na posse dos documentos corretos, tanto a passagem pela imigração quanto a liberação do veículo são tranquilas.

Para você que está com vontade de se aventurar em terras peruanas de carro, basta seguir as recomendações abaixo para que sua viagem seja sem perrengues nas questões burocráticas!

Documentação para viajar ao Peru de carro

DOCUMENTOS DOS PASSAGEIROS

Os brasileiros somente poderão viajar do Brasil ao Peru na posse do RG original ou do passaporte válido.

Qualquer outro documento, tais como carteira de habilitação, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros, não são aceitos para a saída no Brasil.

RESERVA DE HOTEL | SEGURO VIAGEM  | ALUGUEL DE CARRO

Obs: a imigração, tanto no Brasil quanto no Peru e na Bolívia, é menos burocrática para os que viajam com passaporte. Aqueles que apresentam o RG devem preencher alguns formulários adicionais.

Todos os viajantes deverão preencher um formulário de entrada no Peru. Esse papel deverá ser carimbado na imigração e guardado até o momento da saída do país.

DOCUMENTOS DO CARRO

Quem entra no Peru de carro deverá apresentar os seguintes documentos:

– Documento do carro + fotocópias

– CNH do condutor do carro + fotocópias

– Passaporte ou RG do condutor do veículo + fotocópias

– Comprovante de entrada no país (Tarjeta Andina de Migración)

Obs: O proprietário do veículo tem que se apresentar no momento da liberação do carro para entrada no Peru. Por isso, não recomendamos que faça essa viagem com um carro alugado ou com veículo de terceiros que não estejam viajando juntos.

Obs: Há local para tirar fotocópia dos documentos na fronteira, mas recomendo levá-las do Brasil para evitar perda de tempo em caso de falta de luz (aconteceu com a gente). 

DOCUMENTOS QUE DEVEM SER EMITIDOS NA IMIGRAÇÃO PERUANA

SUNAT

SUNAT significa Superintendencia Nacional de Aduanas y de Administración Tributaria, que é o órgão responsável, dentre outros, pela autorização de entrada e saída de veículos no Peru. Após passarmos pela imigração, devemos nos dirigir ao posto da SUNAT para pedir autorização para entrada ou saída do veículo.

Será emitido um documento da SUNAT com dados do carro e do proprietário do veículo, além de um selo que será colado no para-brisa contendo o nome do dono do carro, a placa e a data de validade do selo.

SOAT

Significa Seguro Obrigatorio de Accidentes de Trânsito. Como o próprio nome diz, é um seguro OBRIGATÓRIO, que deve ser contrato na fronteira com o Peru. Não se trata de um seguro para o carro e sim um seguro para terceiros em caso de  acidentes envolvendo o veículo.

IMIGRAÇÃO NO BRASIL

A imigração, tanto na saída quanto na entrada no Brasil, é feita no posto da Polícia Federal localizado na alfândega entre Brasil e Peru (na cidade de Assis Brasil). Como dito anteriormente, os brasileiros que saem do país portando o passaporte apresentam apenas o documento e recebem um carimbo de saída do Brasil (essa foi a primeira vez que os nossos passaportes foram carimbados no Brasil). Além do passaporte, ou RG, é necessário informar a placa do carro.

Esteja pronto para enfrentar fila na imigração brasileira. Na nossa volta ao Brasil, havia um ônibus de excursão da terceira idade lotado de gente. Tivemos que aguardar um bom tempo até sermos atendidos.

Veja mais: Diário de viagem de carro pelo Peru

policia-federal-fronteira-peru

Fila na imigração brasileira

O posto da PF não está aberto 24 horas! Não me recordo o horário exato de funcionamento, mas não aconselho que chegue depois das 19h.

IMIGRAÇÃO NO PERU

Após a passagem pela imigração no Brasil, é hora de se dirigir ao Puesto de Seguridad de Fronteras, na cidade de Iñapari. Esse posto está aberto das 7h às 19h e é lá onde todas as pessoas fazem o procedimento de entrada no país. Basta entrar, pegar o formulário de entrada no Peru, preencher e entregar ao agente junto com o passaporte ou RG.

Uma parte desse formulário, chamado de Tarjeta Andina de Migración, será entregue carimbada e todos devem guardá-la até a saída do país. Aqueles que estiverem portando o passaporte, receberão um carimbo de entrada e outro na saída do Peru.

imigracao-inapari-peru

O Puesto de Seguridad de Fronteras, que fica na cidade de Iñapari

imigracao-peru

Passaporte carimbado e a Tarjeta Andina de Migración

No retorno ao Brasil, antes mesmo de liberar o carro, todos os passageiros deverão se dirigir antes para esse mesmo local para fazer a saída e então poder continuar com os trâmites de liberação do veículo.

LIBERAÇÃO DO CARRO NO PERU

Passada a imigração peruana, é hora de solicitar a entrada do veículo no país. Portando todos aqueles documentos citados acima, o proprietário do veículo deverá se dirigir ao posto da SUNAT. Essa é a parte mais demorada da fronteira, pois não há muitos funcionários trabalhando no local (na verdade, só vimos uma pessoa fazendo essa liberação).

O agente da SUNAT irá emitir um documento contendo todos os dados do veículo e do proprietário (será verificado o chassi do carro) e colará um selo no para-brisa do automóvel.

Dica de hospedagem: Novotel Cusco

liberacao-carro-peru

Espera longa no posto da SUNAT

selo-sunat-peru

O selo que foi colado no carro

Só depois desse procedimento é que deverá ser contratado o SOAT, que é aquele seguro de pessoas. Esse documento é adquirido na fronteira (em frente ao Puesto de Seguridad de Fronteras) e tem o custo de R$ 30,00 (valor em outubro de 2016).

O dono do veículo deverá apresentar todos aqueles documentos necessários para a SUNAT (e fotocópias), além do próprio SUNAT (foto de capa).

soat

O SOAT é contratado na fronteira

No retorno, como já dito, é necessário passar primeiro pela imigração para depois liberar o carro no SUNAT (deixa o carro estacionado antes da barreira do SUNAT).

Obs: Em todas as vezes que fomos parados pela polícia peruana na estrada nos solicitaram o SOAT. Em nenhum momento foi pedido ou insinuado o pagamento de propina. 

Embora seja um procedimento burocrático, a entrada de carro no Peru foi bem menos complicada do que aparentava. Estando na posse dos documentos exigidos, tudo é relativamente simples; basta apenas um pouco de paciência para aguardar o atendimento nas fronteiras!

E você? Viajaria pelo Peru de carro?

Leia também:

Organize sua viagem com a gente:

🏥 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades. Digite: PROJETO1015 ao final da contratação e ganhe 5% de desconto!

🏢 Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

🚘 Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

📱Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

💵 Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão te ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

17 Comentários

  1. Christian

    Muito bom! informações detalhadas e objetivas, de muita utilidade para nós viajantes. Parabéns!

  2. Ótimo post! Bom para desmistificar o pagamento de propina 😉

  3. Post de utilidade pública. Adorei.

  4. Post bem detalhado! Vai ajudar muito quem for de carro!
    Como viajo muito sozinha, acho difícil encarar essa, kkk

  5. Não paraceu complicada, mas com muitos detalhes. Como sempre, tudo super bem explicado 🙂

Trackbacks for this post

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »