Turismo em Assunção: muita história e cultura

Quem acha que o Paraguai só serve para fazer compras, está muito enganado. Apesar das cidades que fazem fronteira com o Brasil serem basicamente destinadas ao comércio, a capital Assunção se mostra uma cidade muito diferente pois, bem longe de ser um lugar de compras, é uma cidade muito bacana para se fazer turismo.

Aproveitamos um feriado prolongado na cidade onde moramos e fomos descobrir em 2 dias e meio o que Assunção tem de legal.

Vamos conferir?

#1 Palacio de Gobierno – Palacio de los López 

É a sede do governo do Paraguai que leva o nome do ex presidente Francisco Solano López, figura muito importante na história paraguaia. O edifício do século XIX é utilizado como palácio do governo desde o século de sua construção e está localizado no centro histórico da capital.

Palácio do Governo: além de sua arquitetura bonita, nota-se que é bem conservado

Nos arredores do palácio há um forte esquema de segurança e os turistas devem se contentar em apreciá-lo do lado de fora, já que não é permitida a entrada no edifício.

Endereço: El Paraguayo Independiente entre Ayolas y Juan E. O’Leary

#2 Cabildo – Centro Cultural de la Republica  

Esse outro prédio muito bonito fica bem próximo ao palácio do governo e abriga objetos do museu de arte sacra, acervo do museu do barro, peças de coleções arqueológicas e etnográficas, salas de música, galeria de mestres da arte paraguaia e auditório.

O prédio fica mais bonito no final da tarde, quando suas luzes se acendem

Começamos a visitação no térreo, já que há salas com exposição nos dois lados (direito e esquerdo). Depois subimos as escadas e visitamos o auditório, que já foi a sala dos congressistas, local onde aconteciam as sessões plenárias.

Antiga sala das sessões do Poder Legislativo

Ainda no andar superior há várias salas com mostras de objetos de grande valor patrimonial para a formação da história do Paraguai. Visitando essas salas conhecemos um pouco da música e dos artistas famosos do país. Fabrício aproveitou a música para mostrar toda a sua malemolência de baiano.

Veja um pouco no vídeo abaixo:

Observamos que nas redondezas do Cabildo há barracos onde moram pessoas mais carentes. Vimos também algumas famílias pela praça.

Endereço: Avda. de la Republica e/Chile y Alberdi

Horário:
Terça a sexta – 09:00 às 19:00
Sábado, domingo e feriado – 10:00 às 17:00

Entrada gratuita.

#3 Museo Casa de la Independencia 

Essa casa museu foi de grande importância para a história do Paraguai pelo fato de ter sido utilizada pelos principais protagonistas da história do país como sede secreta de reuniões.

Pelo lado de fora, a casa é bem simples e pode facilmente passar despercebida pelo turista menos atento, já que não há nenhum grande chamativo de que seja um museu (somente uma pequena placa no muro).

A casa no estilo colonial abriga objetos da época colonial e imagens sacras, formada por escritório, cozinha, sala, quarto, oratório, corredor e pátio, destacando-se em todos os seus espaços muitos objetos em madeira.

Quarto de Fernando de la Mora, um dos grandes responsáveis pela independência paraguaia

Endereço: 14 de Mayo esq. Presidente Franco

Horário:
Segunda a sexta – 08:00 às 18:00
Sábado – 08:00 às 13:00
Fechado: 1 de janeiro, 1 de maio, Semana Santa e 24, 25 e 31 de dezembro

Entrada gratuita.

#4 Panteón Nacional de Los Heroes

É um templo católico que abriga restos mortais de importantes figuras paraguaias e soldados desconhecidos do país.

O interior do Panteón é deslumbrante!

Mausoléu com tumba de paraguaios importantes e soldados desconhecidos

Apesar da arquitetura bonita, achamos o lado externo um pouco descuidado, carecendo de reforma e pintura.

Endereço: Calle Palma esq. Chile

Horário:
Segunda a sábado – 05:45 às 17:00
Domingo – 05:45 às 12:00

#5 Plaza Uruguaya 

Uma das principais da cidade, é um local bem frequentado pelos paraguaios. A praça está localizada na zona do centro histórico de Assunção e a área é bem conservada.

A praça é bem conservada!

Vimos pessoas brincando com crianças, passeando com cachorros e outras sentadas tomando tereré (o mate gelado deles). Em um dos dias que passamos por lá presenciamos uma espécie de parada militar que demorou pelo menos 40 minutos. Não sabemos ao certo qual o motivo do evento, mas o que era parecia ser importante!

Quase uma hora de desfile em direção à Plaza Uruguaya

Apesar de ser somente uma praça, é impossível o turista não passar por ela já que é passagem para vários outros locais turísticos.

Endereço: 25 de Mayo c/ México y Antequera c/ Eligio Ayala

#6 Estación Central de Ferrocarril 

Uma antiga estação de trem de aproximadamente 150 anos, que hoje é um museu, que abriga uma mostra de documentos e objetos de época em que os partiam trens para diversos locais do país.

Fachada da estação de trem

O museu conta a história do transporte ferroviário antigamente, exibindo, por exemplo, assentos que retratam como era a primeira e a segunda classe na época, além de muitos outros objetos, como documentos e livros.

Há, ainda, vagões antigos abertos ao público e a melhor parte é poder entrar em um deles. É, sem dúvida, uma viagem no tempo!

Interior do vagão aberto ao público – há um bar no final do corredor

É um museu simples, mas achamos legal o passeio não só pela facilidade que foi de chegar até o local (a estação fica em frente à Plaza Uruguaya) como também o seu pequeno mas interessante acervo.

Horário:
Segunda a sexta – 08:00 às 16:00
Sábado e domingo – 09:00 às 13:00
Entrada: 10 mil guaranis

#7 Calle Palma

É uma rua movimentada do centro de Assunção e o melhor local para fazer compras na cidade. Conseguimos comprar alguns acessórios para a nossa câmera GoPro e alguns jogos do playstation 4 por valores bem inferiores aos do Brasil. Entretanto, os valores mais baixos são para compra em dinheiro (dólar americano ou guarani). Dólar é facilmente aceito nas lojas e acredito que seja a melhor opção para compras nessa área.

Para quem compra com o cartão de crédito, além do IOF a ser pago, ainda há um acréscimo no valor dos produtos (claro que mesmo com o acréscimo ainda sai mais barato que no Brasil).O lugar mais frequentado que notamos é uma galeria com várias lojas de eletrônicos e o outlet da Adidas (um quase em frente do outro).

#8 Avenida costanera 

Essa extensa avenida nas margens da Baía de Assunção conta com uma orla muito urbanizada e ótimo local para caminhada.

Ao longo da orla há locais para alugar bicicleta e triciclos e carrinhos vendendo lanches. Só não vi nenhum banheiro público.

Essa avenida está localizada atrás de outros edifícios importantes, como o Palacio del Gobierno e o Cabildo.

#9 Museo del Barro 

Esse museu conta com um acervo de peças de barro e argila feito por tribos indígenas desde o período pré colombiano.

 

Logo na entrada, há uma exposição com muitas fotos de índios de diferentes tribos. Subindo um andar começa a exposição das peças de barro.

Há ainda um espaço reservado para arte moderna, mas que não achamos grande coisa. O legal mesmo foi a exposição de objetos indígenas!

O museu do barro está localizado bem distante do centro histórico. Como estávamos hospedados no Hotel Ibis (que também fica longe do centro e bem mais próximo a esse museu) conseguimos ir andando.

Endereço: Grabadores del Cabichuí, 2716 e/Emeterio Miranda y Cañada

Horário:

Terça – 15:30 às 20:00
Quarta, quinta, sexta e sábado – 09:00 às 12:00 e 15:30 às 20:00

Entrada gratuita

#10 Shoppings

Shopping del Sol – é o melhor da cidade. Fica mais afastado do centro (em frente ao Hotel Ibis) e abriga muitas lojas de marcas. Os preços são altos e bem parecidos com o do Brasil, ou seja, não é nem de perto um lugar bom para compras. 

Por ser em frente ao nosso hotel, íamos todos os dias de noite a esse shopping, pois há vários restaurantes e cafés na parte externa, com um ambiente agradável. Fomos na Havanna, mas o nosso favorito e que fomos mais de uma vez foi a famosa sorveteria argentina Freddo.

Se tiver pouco tempo na cidade e quiser ir a algum shopping de Assunção, recomendo que vá ao del Sol.

Endereço: Avda. Aviadores del Chaco esq. Prof. Delia González

Horário:
Segunda a sábado – 09:00 às 21:00
Domingos e feriados – 11:00 às 21:00

Mariscal – é menor que o Shopping del Sol mas também tem algumas lojas de marcas. Os preços, como no outro shopping, também são altos e é somente um local para passear. Para ir do Mariscal até o centro histórico é só pegar o ônibus da linha 12. 

Endereço: Quesada 5.050 c/ Charles de Gaulle

Horário:
Segunda a sábado – 09:00 às 21:00
Domingos e feriados – 11:00 às 21:00

# 11 Sobre Assunção

Os idiomas oficiais do país são o espanhol e o guarani (esse último não ouvimos ninguém falando).

A moeda é o guarani mas, como falei antes, é possível fazer compras em muitas lojas usando dólares americanos. No geral, o cartão de crédito é bem aceito e usamos em muitos locais sem problemas. Entretanto, sempre indico que tenha um pouco da moeda local em mãos, principalmente para pegar ônibus.

Falando em ônibus, dá para andar por quase toda a cidade de transporte público, que são bem velhinhos, mas funcionam direitinho. O ônibus que mais utilizamos foi o número 30, que nos levava sempre do nosso hotel até o centro e voltava. A passagem é muito barata e a oportunidade de andar entre os locais é o mais legal dessa aventura!

Para finalizar, estivemos na cidade no final de agosto (inverno) e pegamos muito calor (uma média de 40°C), mas no último dia o tempo resolveu mudar e deixamos a cidade no friozinho de 15°C.

Leia também:

Gostou do que viu aqui sobre Assunção?

Organize sua viagem com a gente:

🏢 Reserve seu hotel agora através do nosso link de afiliado do Booking.com. Algumas reservas podem ser canceláveis – verifique as regras antes de efetuar a sua. Você não paga nada a mais e ainda ajuda o Projeto 101 Países!

🏥 Imprevistos podem acontecer e nada melhor do que ter uma boa assistência médica no exterior caso seja necessário. Faça a contratação com a gente e escolha o melhor seguro para as suas necessidades.

📱Saia do Brasil com um chip internacional que tem cobertura em até 140 países! Você recebe o seu chip da Easysim4u em casa e viaja conectado.

🚘 Alugue um carro pagando em reais e sem a incidência de IOF. Faça uma comparação dos valores de aluguel de carro pelo mundo com a Rentcars e escolha a melhor opção para você.

💵 Faça uma cotação de moeda estrangeira, encontre as melhores taxas de câmbio e compre euro, dólar, libra e outras moedas estrangeiras aqui.

Cada vez que você contrata algum desses serviços por aqui, você está ajudando a manter o nosso blog. Gostou das informações encontradas aqui e elas estão lhe ajudando a programar a sua viagem? Que tal dar uma ajudinha?

Não vai viajar agora, mas gostou do que encontrou aqui? Faça um comentário aqui no post e deixe um blogueiro feliz! A sua opinião é muito importante pra gente 😉

13 Comentários

  1. Fidelis A C Paula

    È seguro passear por assunção
    vc indica alguma empresa que faz city tours

    • Achamos Assunção uma cidade tranquila para passear. Como qualquer outra cidade da América do Sul, sempre devemos andar atentos com os nossos objetos de valor e não entrar em locais com pouco movimentação. No geral, a capital do Paraguai é mais segura que muitas capitais brasileiras.
      Não tenho nenhuma agência para indicar, pois fizemos tudo sozinhos.

  2. Paulo Ricardo Soares dos Santos

    Que ótimo! Aqui da América do Sul já fui pra Argentina (Buenos Aires), Paraguai (Cidade De Leste), Uruguai (Montevidéu), Chile (Santiago), e estou doido pra conhecer a capital do Paraguai, Assunção. Pelo que andei pesquisando, Assunção é calma, isso? Santiago no Chile achei super segura, e Assunção?

  3. Mylena

    Olá Gabriela! Parabéns pelo site e por contribuir com nós viajantes…. Preciso de uma dica: pretendo viajar para Assunção em março/2016. Você acha 2,5 dias suficientes?! Grata, bj Mylena

  4. Olá, Dan!
    Bem diferente do que muita gente imagina, né?
    Curti bastante a cidade e realmente temos que tomar cuidado, como nas grandes cidades em geral.
    Abraços!

  5. A cidade é muito bonita, histórica, muita coisa legal para ver. só cuidado nas ruas, quase fomos assaltados ao errar o caminha da av. costaneira. ali próximo à av. espanha é preciso tomar cuidado. a história do Paraguai é impressionante, belo país (e quente)!

  6. Olá Simone, tudo bem?
    Decidimos conhecer Assunção porque achamos que essa era a forma de conhecer o verdadeiro Paraguai, muito além de compras! Eu já conhecia Pedro Juan Caballero e Ciudad del Este mas acho que essas duas cidades não retratam tão bem a cultura paraguaia quanto a capital. Fiquei muito satisfeita com Assunção e indico a todos que conheçam a cidade e que deixem de lado um pouco desse turismo de compras afinal, viajar é muito mais que isso!
    Muito obrigada pelo comentário e fico contente em saber que gostou.
    Bjs

  7. Olá Arcanjo!!! Tudo ótimo, ainda mais com um comentário seu aqui 🙂
    Que situação inusitada a sua no Congresso, hein? É esse tipo de coisa que acontece com a gente e que fica marcado pra sempre! Passamos na frente desse prédio mas vimos que tinha uma barreira de segurança e não paramos para perguntar sobre a possibilidade de visita.
    No final do ano passado, passamos por uma situação também bem diferente no Azerbaijão, pois visitamos um museu antes mesmo de sua inauguração. Até narrei esse fato no post "Vale a pena visitar o Azerbaijão?".
    Fico feliz em saber que tenha gostado do post! Fique à vontade sempre que quiser comentar por aqui (não se preocupe com o tamanho do comentário!).
    Abraços

  8. Olá Gabriela! Adorei a postagem! Muito bom mostrar um outro lado do Paraguai, que por vezes é discriminado, principalmente pelos brasileiros que só pensam nas compras.
    A fachada do Cabildo é linda, o museu na Estación Central parece ser muito interessante, ainda mais podendo entrar em vagões antigos, muito bom 😉
    Outro lugar que fiquei com vontade de conhecer foi o Museo del Barro, com todos aqueles objetos indígenas.
    Parabéns pela postagem! Aguçou minha curiosidade e vontade de conhecer a capital paraguaia.
    bjs

  9. Arcanjo

    Olá Gabriela, tudo bem?

    Seu post me fez lembrar uma situação inusitada que vivenciei em Assunção. Em agosto de 2012 eu estava andando tranquilamente (força de expressão, pois o calor nessa época é mesmo forte) quando passei em frente ao prédio do congresso paraguaio (na mesma praça do Cabildo). Não sei sei foi por eu estar "caracterizado" como turista (máquina à mão, short, óculos de sol, etc.) em uma sexta-feira, mas ao passar em frente ao referido prédio, um senhor que estava fumando sozinho na calçada abordou-me e perguntou de onde eu era. Quando soube que eu era brasileiro, falou o que ele conhecia do Brasil e, em questão de dois minutos de conversa, convidou-me para conhecer o prédio. Ele me passou por duas barreiras de serguranças fortemente armados e falou com alguém lá dentro dizendo que era para chamar uma outra pessoa para mostrar o prédio a mim que eu era amigo dele. Fiquei então sentado esperando essa tal pessoa enquanto meu "amigo" recém declarado se despedia. A pessoa que veio me atender era uma funcionária do departamento de relações públicas do prédio e fez um tour guiado comigo. Lá dentro tem um museu sobre a história do Paraguai, um museu de arte (fraquinho) e as instações modernas do congresso em si. Não paguei um centavo por esse tour. Na saída, fui abordado por um policial que estava na frente do prédio que veio até mim perguntar se eu sabia quem era aquele senhor que tinha falado comigo e eu respondi, claro, que não. Pois o dito cujo era um dos mais importantes senadores paraguaios (que agora me falha o nome) e, segundo me foi dito, o maior importador de perfume do país. E o sujeito estava lá, assim como um série de deputados reunidos em sessão, numa sexta-feira à tarde. Imagina no Brasil… Depois descobri que é possível visitar este prédio gratuitamente com agendamento prévio. Desculpa o tamanho do relato. Abraços e parabéns pelo post!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados * *

Translate »